Depois do caos da Santa Ifigênia, o chope suave de colarinho cremoso é a recompensa

Tomar um chope do Bar Leo, no sábado, por volta das 13h, é a melhor recompensa para quem enfrentou o caos da Rua Santa Ifigênia, no centro de São Paulo.

Outro dia estive por lá com o Dexter e uma listinha de compras incluindo cabos, alicate amperímetro e bateria de telefone sem fio. Passei pelos churrasquinhos de gato que esfumaçavam a multidão e pela horda de camelôs, sem reclamar. Afinal, em algumas horas tomaria o chope de colarinho alto e cremoso do Leo.

Chope une palmeirenses e corinthianos que tomam a calçada nas 17 mesinhas do lado de fora

Naquele sábado, o pequeno bar estabelecido na esquina da ruas Aurora e dos Andradas desde 1940, estava lotado de pessoas apoiando seus chopes nas mesinhas altas da calçada.

Cheguei no horário de pico, por volta de 13h30, ignorei o bar apinhado, entrei e pedi uma mesa ao Gaúcho, o simpático garçom que atende a área próxima à cozinha. Em poucos minutos, quatro lugares estavam disponíveis. Parece milagre, mas a real é que as pessoas gostam de apreciar o chope do Leo em pé mesmo, sem frescura. A lei antifumo também colabora.

O maravilhoso bolinho de bacalhau do Leo (R$5) servido às quartas e sábados. Peça logo dois

Para acompanhar seu chope (R$ 5), peça o bolinho de bacalhau (R$ 5 cada), que é servido somente às quartas-feiras e aos sábados. Aliás, peça logo dois porque esse quitute preparado pelas donas Maria e Marlene é delicioso. Só perdeu o primeiro lugar na minha lista quando provei o bolinho do Bar do Plínio, no Limão. No sábado, elas disseram que chegam a preparar mais de mil bolinhos no Leo.

Donas Maria e Marlene: mil bolinhos de bacalhau no sabadão

Como a especialidade da casa é a cozinha alemã, prove os canapés variados (R$ 22) de pão preto com pasta de roquefort, de azeitona e linguiça moída (o melhor). O sanduba de rosbife (R$ 13) no pão francês cortadinho também é ótimo. E às sextas-feiras, o bacalhau volta a aparecer no cardápio. Dizem que a bacalhoada do Leo é uma delícia. Tentei provar uma vez, nas férias, mas cheguei tarde e o prato do dia já havia acabado.

Canapés variados (R$22) são especialidade

Folclore
O Leo só serve chope claro com o colarinho alto e não tente ‘piratear’. Já ouvi histórias de pessoas que pediram menos colarinho e o garçom recomendou que fossem ao bar do lado. O folclore botequeiro também conta que alguém pediu chope escuro e o garçom respondeu que era só apagar a luz.

A maioria adora esse chope Brahma, bem tirado, do jeito que sempre foi. Até corinthianos e palmeirenses deixam as diferenças de lado depois do primeiro gole.

"Quer chope escuro? Apaga a luz"

Graças a estes apreciadores, incluindo aqueles que se refrescam carregando suas sacolinhas pretas de plástico com um novo HD ou um ‘iFone‘, o Leo serve de 1.920 a 2.400 chopes em um único sábado. Santo remédio.

Bar Leo – Rua Aurora, 100. Tel (11) 3221-0247. Horários: Segunda a Sexta das 11h às 21h30. Sábados das 10h às 18h.

Boteco Tour

outubro 12, 2009

Caravana de botecos começando pelo Baião no Varal, do Botica do Quintana

Caravana de botecos começando pelo Baião no Varal, do Botica do Quintana

No último sábado (10/10), a organização do Boteco Bohemia reuniu uma turma de blogueiros bons de garfo, de copo e de papo para fazer um tour por quatro botecos que participam do concurso este ano. Foram sete horas de botecagem provando petiscos harmonizados com Bohemias nos bairros do Brooklin, Ipiranga, Limão e Vila Madalena. Veja aqui as impressões da Caravana de Botecos.

Harmonização começou com  Weiss e depois veio a Bohemia Escura, que harmoniza com o carpaccio do petisco

Harmonização começou com Weiss e depois veio a Bohemia Escura, que vai bem com o carpaccio do petisco

A primeira parada foi o Botica do Quintana, que concorre com o “Cone de Baião no Varal”. Praticamente um baião de dois desconstruído, este petisco-instalação é composto de um balde de garrafas de cerveja com um varal de alumínio onde são pendurados cones de macaxeira – cozida, misturada com queijo coalho e assada – recheados com um leve baião de dois (arroz, feijão fradinho, linguiça e queijo), pedacinhos de carne de sol e uma torradinha pendurados com pequeninos pregadores, além de carpaccio de carne no pão preto e couve crisp.

Carpaccio no pão preto com couve crisp roubou a cena do varal

Carpaccio no pão preto com couve crisp roubou a cena

O carpaccio com couve crisp roubou a cena e caiu muito bem com a Bohemia Escura indicada para o petisco, embora os trabalhos tenham sido iniciados com uma Weiss. Gostei do baião de dois, mas acho que o conceito foi mais incrível do que o sabor. Como o pessoal comentou, o cone era muito firme e atrapalhou um pouco a degustação. Mesmo assim, o chef Zé Maria mereceu palmas pela criatividade e pela simpatia ao explicar o conceito do petisco.

Cone de de macaxeira com queijo coalho assados e baião no recheio. Bom, mas prefiro o baião sem cone mesmo.

Massa assada de macaxeira com queijo coalho e recheio de baião de dois. Bom, mas prefiro o baião sem cone mesmo.

A receita leva coentro e eu, que não sou chegada, nem percebi. O truque, segundo Zé Maria, é colocar um pouco de coentro fresco para finalizar. Segundo ele, quanto mais cozinha, mais ele ‘se solta’ na comida. Se você não gosta muito “da salsinha do Nordeste”, como comparou o chef, agora já sabe o segredo.

Bar dos mesmos donos do Veríssimo faz referência às boticas da época de Mário Quintana

Bar dos mesmos donos do Veríssimo faz referência às boticas da época de Mário Quintana

O atendimento do Botica, ainda em reforma, foi ótimo. Há cerca de três meses, o bar vem se transformando para homenagear as boticas da época de Mario Quintana e Carlos Drummond de Andrade explicou Henrique Moreira, assistente de marketing. Conhecido anteriormente como Santa Clara, o boteco pertence aos mesmos donos do vizinho Veríssimo, que também concorre com outra ‘instalação’.

Kamaleon: pagode do "Leva Eu" e futebol no Ipiranga

Kamaleon: pagode do "Leva Eu" e futebol no Ipiranga

Saindo do Botica, a Caravana de Botecos partiu para o ‘pagode’ do Bar Kamaleon. Pouco antes de chegarmos, na Avenida do Cursino com a Bosque da Saúde, avistamos o Bar do Luiz Nozoie, clássico boteco, daqueles que não têm placa, aberto em 1962 por um chefe de família japonês, que adora pescar.

O Nozoie foi apontado pelo Mingo, produtor de botecos gente fina, que agitou nossa Caravana e é fã de Guinness – já tomou 21 pints em um St. Patrick´s Day. Mingo e os amigos chamam o bar de ‘barbantinho’ por conta do barbante que é usado para pescar a cerveja estupidamente gelada de uma máquina de sorvetes.

Petiscos servidos com realeza em urna, com sino tocando

Petiscos servidos com realeza em urna, com direito a sino tocando

Ao som de pagode da banda “Leva Eu”, que não é minha praia, entramos no Kamaleon para provar um petisco que parecia bem ‘heavy metal’ – bolinho de carne recheado de camarão empanado em farinha crocante japonesa (tipo Soft Panko), acompanhando sardela e molhinho de pimenta amarela.

Kamarão na toca: bolinho de carne com camarão, sardela e molho (campeão) de pimenta amarela

Kamarão na toca: bolinho de carne com camarão e molhyo de sardela. Ponto para a pimentinha amarela

Na prática, não era tão metal assim e me agradou bastante. O croquete de carne dominou o camarão, mas dava para sentir a mistura inusitada e saborosa no final. E depois de provar o molhinho de pimenta (vendido pronto no Mercadão), deixamos de lado a sardela.

Cerveja frutada para quebrar o petisco 'metal', espantar o frio e o pagode

Cerveja frutada para quebrar o petisco 'metal', espantar o frio e o pagode

O petisco foi harmonizado com a Confraria, que é mais adocicada, para quebrar o sal, explicou Henri, o dono do bar. Segundo ele, a ideia era juntar diferentes tipos de carne em um só petisco.

Toma mais uma Weiss, no Limão

Toma mais uma Weiss, no Limão, para esperar o Bicho Bão

Depois do pagode, em um frio fora de estação, seguimos ao “toma mais um Limão” para o Bar do Plínio, um boteco de bairro, sossegado, especializado em peixes.

Guioza invocado: recheio de salmão e camarão ficou ótimo com molho agridoce de damasco, laranja e pimenta rosa

Guioza invocado: recheio de salmão e camarão ficou ótimo com molho agridoce de damasco, laranja e pimenta rosa

Desta vez rolou mais uma rodada de Weiss para harmonizar com o Bicho Bão: guiozas fritos de salmão e camarão combinados com palmito e cream cheese, servidos com molhos de maionese verde (com salsinha e limão) e agridoce (damasco, mostarda com ervas, laranja e pimenta rosa). O petisco estava muito bom, especialmente com o molhinho agridoce, mas meu mundo caiu quando provei o bolinho de bacalhau.

Bolinho de bacalhau fora do spript surpreendeu. Quero voltar para um repeteco e provar o bolinho de arraia

Bolinho de bacalhau, fora do script, surpreendeu. Quero voltar ao Plínio para provar o bolinho de arraia

Graças aos botequeiros Leandro e Biso, que são alérgicos a camarão (vida dura), o pessoal pediu os macios e cremosos bolinhos de bacalhau do Plínio. Agora preciso voltar para repetir essa maravilha e o provar o bolinho de arraia, outra especialidade da casa. Toma mais um Limão…

Maravilha de Queijo com Tomate Seco do Baró, aberto recentemente na Vila Madalena

Maravilha de Queijo com Tomate Seco do Baró, aberto recentemente na Vila Madalena

Finalmente chegamos à última parada, o Baró, na Vila Madalena, filial do bar da Freguesia do Ó, que concorreu ao Boteco Bohemia 2008 com o camarão creme (bolinho de camarão empanado com molho de catupiry), que também provamos e é uma boa pedida (R$ 22).

Camarão Creme: concorrente do Baró da Freguesia no Boteco Bohemia 2008

Camarão Creme: concorrente do Baró da Freguesia no Boteco Bohemia 2008

Encerramos o tour com a Maravilha de Queijo com Tomate Seco, uma porção simples e muito gostosa de bolinhas de queijo e tomate seco envoltas em aletria. A porção de ‘boteco de mãe’ caiu muito bem com a pielsen, sem alergia, só alegria, fechando a noite.

Atenção botequeiro discreto: Cada porção concorrente do Boteco Bohemia é servida em uma urna, como um ‘petisco de excelência’ e sempre acompanhada de uma pessoa tocando um sino – imagine a felicidade do garçom ao fim de 31 dias. Como bem disse a Júlia, se não quer ser visto, cuidado com o petisco que deseja.

Os guerreiros da Caravana: sete horas de botecagem

Os guerreiros da Caravana: sete horas de botecagem

O tour valeu a pena para conhecer novos botecos (já estou com saudade do bolinho do Plínio), rever pessoas queridas e conhecer uma turma ótima. Obrigada pela companhia e pelas deliciosas dicas de Cecília Araújo, minha correspondente internacional, Gui Jotapê e Biso (Botecagem), Júlia (Boa de Garfo),  Lara (Sem Medida), Leandro (cozinha pequena) e Tatu (Mixirica). Já vamos agitar a Festa da Saideira nos dias 7 e 8/11.

Veja todas as fotos da Caravana de Botecos e monte seu tour com o Guia dos botequeiros.

Botica do Quintana – Cone de Baião no Varal (Cone de macaxeira com recheio de Baião-de-Dois, incluindo carpaccio de carne seca com couve mineira crisp e sal grosso). Preço: R$ 18,30. Endereço: Rua André Ampere, 215 – Brooklin – Tel.: 5507-4125. Horário: 2ª a sábado das 12h à 1h.

Bar Kamaleon – Kamarão na Toka (Empanado de Camarão, escondido em um mini croquete crocante de carne, regado ao molho sardela kamaleon). Preço: R$ 21,90. Endereço: Avenida do Cursino, 105 – Ipiranga – Tel.: 5061-6822
Horário:. 3ª e 4ª das 17h30 às 23h30, 5ª e 6ª das 17h30 à 1h, sábados das 15h à 1h, domingos das 16h às 23h30.

Bar do Plínio –  Bicho Bão (Salmão e camarão combinados com palmito e cream cheese, bem temperados e montados na massa de guioza. É servido com molho verde, agridoce e pimenta rosa). Preço: R$ 25. Endereço: Rua Bernardino Fanganiello, 458 – Limão – Tel.: 3857-0999. Horário: 2ª a 6ª das 15h à 1h, sábados, domingos e feriados das 11h à 1h.

Baró Vila Madalena – Maravilha de queijo com tomate seco (Bolinhas de queijo recheadas com tomate seco envolto a aletria). Preço: R$ 15 (12 unidades). Endereço: Rua Mourato Coelho, 861 – Vila Madalena – Tel.: 3034-4118
Horário: 2ª a 6ª até o ultimo cliente, sábado das 16 horas até o ultimo cliente, domingo a partir das 13h.

Guia dos botequeiros

outubro 6, 2009

Instalação no Boteco Bohemia: Pirulito de rabada no caixote do Veríssimo (Foto: divulgação)

Caixa de petiscos do Veríssimo - Pirulito de rabada no caixote (Foto: divulgação)

Outubro é um mês especial para os botequeiros que estão em São Paulo. Até o dia 31 de outubro teremos a árdua tarefa de tomar cerveja e provar petiscos especialmente selecionados entre os finalistas do Boteco Bohemia 2009.

Para ajudar o leitor do Braun Café nesta difícil escolha, preparei um guia com todos os botecos participantes, divididos por região, para facilitar o tour. E se não der para petiscar em muitos bares, a diversão está garantida na Festa da Saideira, que reúne todos os concorrentes e anuncia os vencedores nos dias 7 e 8 de novembro, no Moinho Eventos. (Ingresso antecipado por R$ 80)

Cone de baião de dois no varal do criativo Botica do Quintana (Foto: divulgação)

Cone de baião de dois no varal do criativo Botica do Quintana (Foto: divulgação)

Na sexta edição do concurso temos 31 bares finalistas para visitar. De acordo com a organização, os botecos foram escolhidos entre 75 concorrentes nos quesitos apresentação, criatividade e degustação por uma “Liga Gastronômica”, que inclui Roberto Ravioli (Empório Ravioli) e Erick Jacquim (La Brasserie).

Este ano, além de provar os petiscos com dicas de harmonização de cervejas e votar (Melhor Petisco, Melhor Atendimento, Melhor Ritual de Servir Bohemia e Garçom Nota 10), o público dos bares também pode apreciar apresentações gratuitas de samba, jazz e bossa nova. Confira a programação a partir desta terça-feira (6/10) aqui abaixo ou no site do Boteco Bohemia.

Rolê do Jacaré Grill e 10% de desconto no táxi para os 31 bares. (Foto: divulgação)

Rolê do Jacaré Grill e 10% de desconto no táxi para os 31 bares participantes. (Foto: divulgação)

Para colaborar com a maratona, a organização também oferece um serviço de táxi com bônus de 10% para quem for aos bares e à Festa da Saideira. É só chamar o táxi pelo telefone (11) 3670-0700 e informar que irá a um dos 31 bares.

Confesso que, ao ver a lista, senti falta de alguns clássicos de edições anteriores como o Amigo Gianotti, o campeão Bar do Luiz Fernandes,  o Lapinha e o Mocotó, mas os concorrentes deste ano suaram a camisa. Da lista, conheço Academia da Gula, Armazém Paulista, Botequim Bar & Grill, Galinheiro Grill, Salve Jorge e Providência. Alguns já são freqüentadores do concurso e oferecem opções que parecem bem apetitosas.

'Boi na Moita' do Botequim já foi recomendado. (Foto: divulgação)

'Boi na Moita' do Botequim já foi recomendado. (Foto: divulgação)

O Botequim já está no meu roteiro – o escondidinho de costela desfiada com creme de espinafre, escarola, parmesão e balsâmico já foi aprovado pela amiga Rafa Gobara. Também fiquei interessada no Canudinho Surpresa do Seu Zé (massa folhada recheada com pasta de camarão e condimentos surpresa), mas é difícil escolher… que dureza (rs).

Canudinho Surpresa de camarão do Boteco Seu Zé. (Foto: divulgação)

Canudinho Surpresa de camarão do Boteco Seu Zé. (Foto: divulgação)

Então aqui vai a lista do Boteco Bohemia 2009 por bairros. Monte seu tour, divirta-se e depois me conte.

CENTRO

Higienópolis – The Joy Lunch e Beer – Kebab de Camarão (Bolinho indiano cremoso de camarão, estilo cocktail kebab, com empanado crocante. Acompanha molho levemente picante). Preço: R$ 24,90
Endereço: Rua Maria Antonia, 330 – Higienópolis -Tel.: 3628-0691
Horário: 2ª a sábado 11h às 02h

ZONA NORTE

LimãoBar do Plínio –  Bicho Bão (Salmão e camarão combinados com palmito e cream cheese, bem temperados e montados na massa de guioza. É servido com molho verde, agridoce e pimenta rosa). Preço: R$ 25
Endereço: Rua Bernardino Fanganiello, 458 – Limão – Tel.: 3857-0999
Horário: 2ª a 6ª das 15h à 1h, sábados, domingos e feriados das 11h à 1h.

Parada Inglesa – Bondbico – Costela Cabochãn (Costela desfiada assada no bafo, puxada na manteiga de garrafa com alho poró e purê de abóbora cabochan enrolado em massa de trigo fina). Preço: R$ 14,80
Endereço: Avenida General Ataliba Leonel, 2493 – Parada Inglesa – 2579-2875
Horário: domingo a 4ª das 12h à meia-noite, 5ª a sábado das 12 à 1h.

Alto do Mandaqui – Mocofava – Lombo Arretado (Lombo de porco temperado à moda da casa, frito e finalizado na chapa, acompanha geléia de pimenta e farofa de castanha). Preço: R$ 15
Endereço: Rua Iris Leonor, 237 – Alto do Mandaqui – Tel.: 2231-9044
Horário: 2ª a sábado das 11h às 22h.

Santana –
O Famoso Bar do Justo – Sousplat De Vol-au-vent (Bolinho de bacalhau acompanhado de mini Voul-au-vents com tapenade e requeijão e um Voul-au-vent grande recheado com purê de batata baroa, camarão, bacalhau, salmão, requeijão, gergelim branco, alcaparras e filé de anchova). Preço: R$ 18,80.
Endereço: Rua Alferes Magalhães, 25/29 – Santana – Tel.: 2979-7195. Horário: 2ª a 6ª, das 17h às 1h30; sábado, das 12h à 1h30.

ZONA OESTE

Perdizes – Pompéia
Boteco Aroeira – Canapé de cordeiro com coalhada e hortelã. Preço: R$ 20
Endereço: Rua Caraíbas, 434 – Perdizes – Tel.: 3804-0434
Horário: 3ª a 6ª, das 17h30 à 1h; sábado, das 13h à 1h e domingo, das 13h às 20h30.

Botequim Bar & Grill – Boi na Moita (Tigela com costela bovina desossada e escarola, cobertos com purê de espinafre, creme de aceto balsâmico e parmesão gratinado). Preço: R$ 11,90
Endereço: Rua Caraíbas, 621 – Pompéia – Tel.: 3673-2977
Horário: 2ª a 6ª, das 17h à 1h; sábado, das 12h à 1h.

Pinheiros
Pita – Kebab barCones Árabes (Cones de massa phillo recheados com homus e macadâmia, babaganuch e amêndoa, queijo chancliche e nozes e coalhada seca e pistache. Preço: R$ 13 (8 cones)
Endereço: Rua Francisco Leitão, 282 – Pinheiros
Horário: Domingo das 12h30 à 00h30, 2ª das 12h à 00h30, 3ª a 5ª das 12h às 2h, 6ª das 12 às 2h30, sábado das 12h30 às 2h30.

São Benedito (não confundir com “São Bento”) – Tábua de carne prancha de polenta com ragú de carne ao vinho tinto e queijo parmesão. Preço: R$ 15
Endereço: Pça. Benedito Calixto, 86 – Pinheiros -Tel.: 3062-9678
Horário: 2ª a 6ª, das 12h às 23h30; Sábado, das 12h às 19h30; Domingos, das 12h às 17h.

Vila Leopoldina
Atol Bar – Batoltinha (olha o ‘trocadalho’) Recheada (Batatinhas recheadas de calabresa, queijo coalho e champignon, servidas na cestinha de massa de pastel assado e acompanha molho de alho poró). Preço: R$ 16,90
Endereço: Rua Barão da Passagem, 1460 – Vila Leopoldina – Tel.: 3641-7934
Horário: 3ª a 5ª das 17h à 1h30, 6ª das 17h às 3 horas, sábado das 13 às 3 horas e domingo das 14 à 00h30.

Imperatriz Villa Bar – Petisco: Bolinho de Arroffles (Bolinho crocante na mistura de arroz e batatinha americana recheado com carne seca e pimenta mineira). Preço: R$ 14
Endereço: Rua Passo da Pátria 1673 – Vila Leopoldina – Tel.: 3644-4363
Horário: 2ª das 12h às 15 horas, 3ª e 5ª das 12h às 15 h e das 17h30 à meia-noite, 6ª das 12h às 15 horas e das 17h30 à 1h, sábado das 12 às 1h, domingo das 12 às 22 horas.

Vila Madalena

(Três bares na Mourato Coelho para fazer o ‘tour’)

Bar do Salim – Falafé (Bolinhos de fava com grão de bico moídos, revestidos com sementes de gergelim, recheados com camarões graúdos inteiros, acompanha molho taratur). Preço: R$ 18
Endereço: Rua Mourato Coelho, 188 – Pinheiros – Tel.: 3063-1766
Horário: 2ª a domingo das 11 à 1h30.

Baró Vila Madalena – Maravilha de queijo com tomate seco (Bolinhas de queijo recheadas com tomate seco envolto a aletria). Preço: R$ 15 (12 unidades)
Endereço: Rua Mourato Coelho, 861 – Vila Madalena – Tel.: 3034-4118
Horário: 2ª a 6ª até o ultimo cliente, sábado das 16 horas até o ultimo cliente, domingo a partir das 13h.

Boteco Seu Zé – Canudinho Surpresa do Seu Zé (Canudinho de massa folhada recheado com pasta de camarão, condimentos surpresa e toque especial do chef). Preço: R$ 15
Endereço: Rua Mourato Coelho, 1144 – Vila Madalena – Tel.: 3034-6382
Horário: 3ª a 6ª, das 18h até o último cliente; sábado, das 13h30 até o último cliente e domingo, das 13h até o último cliente.

Galinheiro Grill – Bolinho de Arroz Jamboo (Bolinho de arroz com a erva amazônica “Jamboo”, recheado com frango defumado e pimentinha de cheiro – acompanha molho cítrico preparado com a flor do “Jamboo”). Preço: R$ 12
Endereço: Rua Inácio Pereira da Rocha, 231 – Vila Madalena – Tel.: 3816-3208
Horário: 2ª das 18h à 1h, sábados das 12h à 1h, domingos e feriados, das 12 à meia-noite.

Jacaré Grill – Rolê do Jacaré (Picanha suína recheada de queijo coalho e assada no carvão. Acompanha mel picante) Preço: R$ 14,50
Endereço: Rua Harmonia, 321-327 – Vila Madalena – Tel.: 3031-5586
Horário: 3ª a 6ª das 12h às 2h; sábado, domingo e feriado das 12h às 20h. Fechado na 2ª feira.

Melograno Forneria & Empório de Cerveja – Torteli Melograno (Mini Tortelis de massa de pizza com recheio de ragú de cordeiro na Bohemia Escura, assados em forno a lenha. Acompanha molho de ervas). Preço: R$ 15
Endereço: Rua Aspicuelta, 436 – Vila Madalena – Tel.: 3031-2921
Horário: 3ª a 5ª das 18h à 00h, 6ª e sábado das 18 à 1h, domingo das 16h às 22 h.

Salve Jorge – Ragú do Jorge (Ragú de galeto caipira, cuidadosamente desfiado com um toque de linguiça calabresa defumada, servido em camadas intercaladas de delicada polenta mole em copo americano). Preço: R$ 13,60
Endereço: Rua Aspicuelta, 544 – Vila Madalena – Tel.: 3812-4342
Horário: 2ª a 6ª, das 17h às 2h; sábados, das 12h às 3h; domingo, das 12h às 2h.

ZONA SUL

Aclimação – Esquina do Espeto
– Espetinho de costela com tempero agridoce (Pedaços de costela assada na brasa, montados nos espetinhos). Preço: R$ 4,50
Endereço: Rua Bráz Cubas, 379 – Aclimação – Tel.: 5083-2986
Horário: 2ª a 6ª das 17h à 1h, sábados e feriados das 12h à 1h, domingos das 12h à meia-noite.

Brooklin
Botica do Quintana – Cone de Baião no Varal (Cone de macaxeira com recheio de Baião-de-Dois, incluindo carpaccio de carne seca com couve mineira crisp e sal grosso). Preço: R$ 18,30
Endereço: Rua André Ampere, 215 – Brooklin – Tel.: 5507-4125
Horário: 2ª a sábado das 12h à 1h.

Veríssimo – Pirulito de Rabada no Caixote (“Mergulhamos o Pirulito de Rabada em um tacho com Polenta, lingüiça toscana e agrião crisp. Para acompanhar, Picles de Quiabo e ovo de codorna colorido”). Preço: R$ 18,60
Endereço: Rua Flórida, 1 488 – Brooklin – Tel.: 5506-6748
Horário: 2ª a sábado, das 12h às 1h.

Campo Belo – Bar Memorial – Alcachofra Memorial (Alcachofra recheada com azeitonas pretas e verdes, pão italiano, azeite extra virgem e queijo parmesão). Preço: R$22,00
Endereço: Rua República do Iraque, 1326 – Campo Belo – 5054-0719
Horário: 3ª à 6ª, das 17h30 à 1h, sábado das 12h30 à 1h30, domingo e feriados das 12h30 às 23 h.

Ipiranga – Bar Kamaleon – Kamarão na Toka (Empanado de Camarão, escondido em um mini croquete crocante de carne, regado ao molho sardela kamaleon). Preço: R$ 21,90
Endereço: Avenida do Cursino, 105 – Ipiranga – Tel.: 5061-6822
Horário:. 3ª e 4ª das 17h30 às 23h30, 5ª e 6ª das 17h30 à 1h, sábados das 15h à 1h, domingos das 16h às 23h30.

Itaim – Vaca Véia – Estufadinho da vaca – risoto de filé mignon na ponta da faca, queijo de cabra (chévre), açafrão, pimenta rosa e rúcula. Preço: R$ 21,90
Endereço: Rua Manuel Guedes, 199 – Itaim Bibi – Tel.: 3073-1292
Horário: 2ª a domingo, das 12h à 1h.

Jardins – Mercearia São Roque – Divino São Roque (Mini pão italiano recheado com linguiça calabresa temperada com parmesão gratinado, orégano e manjericão, porção com 6 unidades). Preço: R$ 17
Endereço: Rua Amauri, 35 – Jardim Europa – Tel.: 3062-2612
Horário: 2ª a domingo das 12h à 1h.

Moema
Armazén Paulista – Rabicó no Polvilho (Bolinho de Rabada com agrião na massa de arroz e biscoito de polvilho, acompanhado de vinagrete de pimenta dedo-de-moça). Preço: R$ 14,90
Endereço: Alameda Jauaperi, 570 – Moema – Tel.: 5052-3106
Horário: 2ª a 6ª das 17 à 1h30, sábados, das 12 à 1h30 e domingo das 16 à 1h30.

Da Quina Botequim de Cerveja – Costelinha Maria Antonieta (Costelinha suína marinada, cozida, recheada com queijo coalho e empanada, acompanha molho especial agridoce levemente picante). Preço: R$ 19,90
Endereço: Rua Lavandisca, 185 – Moema – Tel.: 5052-8225
Horário: 3ª a 6ª, das 13h à 1h30; sábado e domingos das 13h à 1h30.

Paraíso – Vila Mariana
Academia da Gula (prove o bolinho de bacalhau) – Costelinha Portuga (Costelinha de porco a vinha d’alho com farofa crocante de soja e agrião). Preço: R$ 21. Endereço: Rua Caravelas, 374 – Vila Mariana – Tel.: 5572-2571
Horário: 2ª a 6ª das 7 às 23 horas, sábados das 11 às 17h30.

Barbirô (perto do metrô Paraíso) – Biroguetti à Bolonhesa (oito quitutes de Espaguete à Bolonhesa, acompanhado de linguiça de porco mineira, molho de queijo, pimenta malagueta, mostarda e azeitonas pretas). Preço: R$ 19,90
Endereço: Rua Vergueiro, 1889 – Vila Mariana – Tel.: 5081-4040
Horário:  2ª a sábado, das 10h até o último cliente.

Bar Providência (fecha cedo) – Um Dois Feijão com Arroz (Bolinho de Arroz com Lingüiça Calabresa e Mussarela na cama de tutu com couve. Acompanha caldinho de feijão branco). Preço: R$ 22
Endereço: Rua Dr. Amâncio de Carvalho, 262 – Vila Mariana – Tel.: 5084-7282
Horário: de 2ª a 6ª, das 17 à 1h00, sábado, domingo e feriados das 12 à 1h.

Barnaldo Lucrécia – Pastel de Shitake (Mini pastéis recheados com molho bechamel a base de shoyu e cogumelos Shitake). Preço: R$ 9,90 (6 unidades)
Endereço: Rua Abílio Soares, 207 – Paraíso – Tel.: 3885-3425
Horário: Domingo, 3ª e 4ª das 19 à 1h, 5ª das 19 às 2h30, 6ª das 19h às 3h30 e sábado das 20h às 3h30.

Roteiro Musical do Boteco Bohemia 2009

  • 6/out (Terça) Jacaré Grill – Jazz Times – 21h
  • 7/out (Quarta) Melograno Forneria – Rapazes in Bossa – 20h
  • 8/out (Quinta) São Benedito – Gafieira Ligeira – 20h
  • 9/out (Sexta) Bar Memorial – Chorinho pra Eles – 21h
  • 10/out (Sábado) Mercearia São Roque – Gafieira Ligeira – 15h
  • 11/out (Domingo) Imperatriz Villa Bar – Jazz Times – 14h30
  • 12/out (Segunda) Bar do Plínio – Chorinho pra Eles – 19h
  • 13/out (Terça) Esquina do Espeto – Gafieira Ligeira – 19h
  • 14/out (Quarta) Bar Providência 0 Jazz Times – 20h30
  • 15/out (Quinta) Botequim Bar e Grill Rapazes in Bossa – 20h
  • 16/out (Sexta) Academia da Gula Chorinho pra Eles – 18h
  • 17/out (Sábado) Atol Bar Chorinho pra Eles – 14h
  • 18/out (Domingo) Boteco Seu Zé Gafieira Ligeira – 18h
  • 19/out (Segunda) The Joy Lunch e Beer Rapazes in Bossa – 19h
  • 20/out (Terça) Bar Kamaleon Gafieira Ligeira – 21h
  • 21/out (Quarta) Barnaldo Lucrécia Jazz Times – 19h
  • 22/out (Quinta) Botica do Quintana Rapazes in Bossa – 20h
  • 23/out (Sexta) Da Quina Botequim de Cerveja Gafieira Ligeira – 20h
  • 24/out (Sábado) O Famoso Bar do Justo Chorinho pra Eles – 20h
  • 25/out (Domingo) Vacavéia Jazz Times – 18h
  • 26/out (Segunda) Barbirô Rapazes in Bossa – 20h
  • 27/out (Terça) Veríssimo Jazz Times – 20h
  • 28/out (Quarta) Pita – Kebab Bar Jazz Times – 19h
  • 29/out (Quinta) Mocofava Rapazes in Bossa – 20h
  • 30/out (Sexta) Armazén Paulista Chorinho pra Eles – 19h
  • 31/out (Sábado) Baró Vila Madalena Rapazes in Bossa – 21h
%d blogueiros gostam disto: