A cozinha no verso do rótulo

janeiro 17, 2010

Nova cozinha experimental da Unilever para chefs e consumidores

Aprendi a fazer pudim com a receita que embalava a saudosa lata de Leite Moça e confesso que adoro de ler os versos dos produtos atrás de algumas dicas. Nos bastidores das embalagens estão pessoas que quebram a cabeça e cozinham todos os dias para que a sugestão não fique apenas bonita na foto.

Ivy, a nutricionista, e Marina, a chef (ao fundo) em uma das 3 cozinhas experimentais

Ivy, a nutricionista, e Marina, a chef (ao fundo) em uma das 3 cozinhas experimentais

Em meados de dezembro fui espiar a recém-inaugurada cozinha experimental da Unilever, na Vila Olímpia, em um divertido grupo de blogueiros dos ‘comes e bebes’. No happy hour/jantar, pudemos saborear algumas invenções simples e gostosas criadas pelas doces Marina Guedes, chef responsável pelas receitas da Unilever,  e Ivy Oliveira, nutricionista do time .

Mão no fogo pelo novo cooktop alemão

Colocando a mão no fogo, sem perigo, pelo novo cooktop da 'cozinha dos sonhos'

Os ‘food bloggers’ começaram o tour colocando a mão no fogo, literalmente. Entre as inovações da ‘cozinha dos sonhos’ está um cooktop de vidro cerâmico que não queima as mãos. A tecnologia de origem alemã concentra a emissão de calor somente em objetos de metal. Pode colocar a mão ao lado da panela com água fervente e nada acontecerá. É só não se esquecer de tirar anéis e pulseiras.

Blogueiros de gastronomia trocando receitas e opiniões

Nós, como de costume, também opinamos bastante. Embalagens difíceis, a volta da antiga lata de Leite Moça, calorias da maionese, amor ou ódio ao Ades e o teste do “Meu Arroz” – que funciona mesmo, na minha experiência – estavam entre os temas de bate-papo do grupo.

Maionese com wasabi na massa crocante com kani e vegetais

Nas entradas, o tema era a maionese, que acompanhou as três opções: canapés de brie ao forno com mel, cestinhas de massa bem fina e crocante com kani, vegetais e wasabi com maionese e rolinhos de cogumelos feitos com fatias de pão integral amassadas com rolo de massa. Bem fácil e bacana.

Ades, quem diria, é base do smoothie de manga, sorbet cítrico e frutas vermelhas

Drinks do tipo ‘smoothie’ com o polêmico Ades agradaram até a Faby, do Rainhas do Lar, que detesta o leite de soja. Provamos duas versões: Ades de maracujá batido com sorbet de frutas cítricas e manjericão e Ades de manga com sorbet de limão e frutas vermelhas. Os dois ficaram muito bons, mas de manjericão se destacou por ter dado um toque muito especial ao primeiro drink.

Carré de cordeiro com caldo de picanha, relish de pepino e purê de mandioquinha com queijo e caldo de legumes

Os pratos principais foram carré de cordeiro com relish de pepino (ralado pela Júlia com todos os trocadilhos possíveis sobre o pepino) e pêra e purê de mandioquinha com queijos. Neste ponto rolaram as ‘dicas Knorr’ de caldo de picanha para temperar o carré (macio e grelhado ao ponto) e caldo Vitalie de legumes para finalizar a mandioquinha (boa).

Risoto com caldo 'Meu Arroz', açafrão e camarões flambados na cachaça

O segundo prato principal foi um risoto com açafrão, camarão e cachaça. Gostei de saber que o caldo do “Meu Arroz” pode ser usado para risotos porque é mais leve. A cachaça deu um toque especial nos camarões, mas o prato ficou bem suave.

Fechamos o jantar com um mousse gelado de limão e sorvete de chocolate branco e uma ‘desconstrução’ de Romeu e Julieta feita com sorvete de creme, goiabas e um pouco de leite batidos, finalizado com um toque de requeijão. Exceto pelas sementinhas de goiaba (acho que uma peneira resolve) estava incrível.

Desconstruindo Romeu e Julieta: sorvete de creme batido com goiabas e requeijão

Além de testar as receitas de produtos da empresa e convidar os funcionários para o duro trabalho de degustá-las, de vez em quando, a nova cozinha será um ambiente de aulas para profissionais de gastronomia e pilotos de fogão do lar. Sim, o consumidor também terá sua vez de aprender e opinar direto com o fabricante. É justo.

Obrigada ao Gui Jotapê e ao Biso, do Botecagem, pelo convite para o happy hour diferente e pela saideira do evento, inlcuindo cachaça aromatizada, no Bar do Arnesto. “Parabéns a vocês” em ritmo de samba!

4 Responses to “A cozinha no verso do rótulo”


  1. Ae! Que bom que gostou.
    Tomara que aconteça mais vezes!

    Curtir

  2. Luiz Minervino Says:

    Oi Dani,

    Muito legal! Eu trabalhei na Refinações de Milho Brsil (antiga dona das marcas Hellmans, Knorr, Ades e Maisena) e fui “comprado” pela Unilver. Sempre adorei frequentar as cozinhas experimentais da empresa e também dos testes cegos antes de os produtos novos irem para o mercado. Bom saber que agora eles vão abrir também para os consumidores!

    Curtir

  3. Bruna Ventorim Says:

    Oi, Daniela! Tudo bom?

    Primeiro queria dizer que acho seu blog muito bacana. Parabéns!

    Trabalho na assessoria de imprensa da Unilever e gostaria de te enviar alguns materiais de Hellmann’s Deleite. Você poderia me passar seu endereço e o melhor horário para entrega, por favor?

    Caso tenha alguma dúvida fique à vontade para ligar, ok?

    11.3526-4544
    bruna@imagemcorporativa.com.br

    Obrigada,

    Bruna Ventorim

    Curtir


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: