Garbo e elegância

julho 16, 2007

garbo1.jpg

Visitar museus abre o apetite. Depois de um belo passeio pelo Natural History Museum de Londres e uma passada pelo Victoria and Albert Museum, que vale outro dia inteiro de visitação, nada como apreciar as delícias de uma patisserie em um dos bairros mais elegantes da cidade.

indicação de um dos guias era a Patisserie Valerie, bem pertinho do Victoria and Albert. A vitrine exibe estonteantes bolos decorados e o balcão torna praticamente impossível escolher um sanduíche sem pensar que deveria ter pedido outro.

garborafa.jpg

Era aniversário de Rafaela Gobara (gorgeous na foto) e fomos todos ao salão da patisserie para nosso chá da tarde inglês. Tudo, como ela mesma diz, com “garbo e elegância”.

garbodoce.jpgOs sanduíches de parma na baguete estavam deliciosos. O bagle com salmão defumado e cream cheese do Valim também estava ótimo. Pedi um belo bule de chá preto com leite e, para finalizar, Alê e eu dividimos um divino mousse de berries (strawberry, rapsberry, blueberry etc.).

A conta não foi tão divina. Como em quase todos os lugares da Europa, na Patisserie Valerie, o preço da comida no balcão fica 2 pounds mais caro se você for comer sentado. E não adiantou reclamar depois. Ce la vie.

De estômagos devidamente forrados e bolsos consequentemente vazios, a poucos metros da patisserie estava a glamourosa loja de departamentos Harrods.

Seguindo uma das mil e uma ótimas dicas da Thiane visitamos a delicatessen principal. O lugar é tudo o que os empórios Santa Maria e Santa Luzia (juntos), de São Paulo, gostariam de ser.

garboharrodsboca.jpg

Ficamos de queixo caído diante da variedade e da disposição das vitrines com embutidos, rotisserie, patisserie, chás, cafés (incluindo nosso brasileiro vendido a mais de 7 libras o quilo) e muito mais. O Alê até parou para admirar as carnes do açougue, enquanto eu ficava horrorizada com a idéia de jerico da peixaria: peixes frescos dispostos em uma fonte no estilo clássico, ao lado da virtrine.

Os preços, como bem lembrou Gobara, são exorbitantes, mas dar “uma olhadinha” na deli, de estômago cheio, não custa nada. É um pedacinho da terra dos sonhos… de consumo dos ingleses.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: