Epopéia do peru e lentilha da sorte

janeiro 8, 2008

Vou fazer esse ‘toast’ retroativo mesmo. Peço desculpas, mas não posso deixar de contar a epopéia do peru, que resolvi preparar pela primeira vez no último Natal e de dar a dica da ‘lentilha 2008’.Para começar deu tudo certo. O sabor do peru (Sadia) ficou ótimo, a textura muito macia, o termômetro subiu na hora e foi tudo uma delícia. Quero agradecer a Marisa, minha mãe, que acompanhou o processo pelo telefone (rs), e à querida Gisele, que me deu uma receita de tempero fácil e maravilhosa.

perulavado.jpg

Peru realmente é um prato para datas especiais. Você deve se dedicar a ele. Só o processo de assar leva mais de três horas para um peru de três quilos. Agora entendo porque é feito praticamente uma vez por ano. Mas a regra número um é que você deve se divertir com tudo isso.

Primeiro você começa a pensar no peru com uns quatro dias de antecedência. É claro que ele pode ser feito no mesmo dia, para quem acredita que ele já vem temperado e descongela a ave no microondas.

Nada contra, mas acho que o Natal é um momento de tradições familiares. Isso quer dizer que eu já estava falando do peru com minha mãe e meus amigos uma semana antes de assá-lo, no sábado, dia 21, para uma celebração ‘pré-Natal’. E também significa que não acreditamos no tempero do fornecedor e nem no microondas.

perutempero.jpg

O peru foi descongelado na geladeira por 48 horas e só então temperado. No dia de temperar, uma quinta-feira, abri uma cerveja e resolvi me divertir. Lavei em o peru, tirei o saquinho plástico com os miúdos (tem gente que esquece lá dentro), tirei fotos e então segui a excelente dica da Gi. Aqui vai:

“Amasse com um pilão dentes de alho, sal grosso, alecrim e tominho frescos. Não bata no processador! E espalhe bem pelo peru. Antes de assar, pegue um limão siciliano, faça furinhos nele com o garfo e coloque-o dentro do peru.”

Incluí grãos de pimenta do reino para amassar no tempero, espalhei bem e coloquei até sábado marinando na geladeira. No dia do preparo reguei o peru com um copo de vinho branco, amarrei as coxas com barbante, cobri com alumínio e beleza. Depois de uma hora e meia, o alumínio deve ser retirado para que o peru, até então cozido, deva dourar.

peru.jpg

Neste momento é importante controlar a ansiedade. É Natal, tenha paciência e regue o peru com o caldo da assadeira a cada 30 minutos, mais ou menos. Parece que o ele nunca mais vai ficar dourado, que você está fazendo alguma burrada, mas tenha fé. Ele vai ficar lindo, como nas fotos das revistas de culinária, e o termômetro indicará que está pronto – embora a esta altura você já tenha se esquecido de que existe um termômetro, já tenha acendido a luz do forno umas 20 vezes e já tenha tomado alguns goles de vinho…

Agora a dica do reveillon, com agradecimentos ao Pedro, que tem uma santa paciência, e à minha mãe, idem.

A tradicional lentilha da ceia de ano novo pode ser servida fria, com uma espécie de vinagrete. Lave bem a lentilha seca, deixe de molho na água fria por umas três horas, cozinhe na panela normal (sem pressão) por dez minutos (até ficar al dente) e escorra a água.

Enquanto a lentilha esfria, pique tomates (sem sementes), cebolas e um dente ou dois de alho. Dê uma dourada neles com azeite na frigideira e acrescente às lentilhas. Adicione salsinha picada, cebolinha e tempere com limão (ou vinagre de vinho branco), azeite e sal (ou shoyu). Coloque na geladeira e sirva após a contagem regressiva. Alimenta e ainda dá sorte!

One Response to “Epopéia do peru e lentilha da sorte”


  1. Gostei de conhecer teu cantinho.

    Curtir


Deixe uma resposta para carlinhos lima Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: