Roberta Sudbrack: uma experiência gastronômica inesquecível

setembro 24, 2011

*Por Eduardo Godinho

Profiteroles de queijo: entradas com o pé direito no restaurante de Roberta Sudbrack

Depois de passar a semana, no Rio de Janeiro, com as ótimas experiências do Aconchego Carioca e do Zazá Bistrô Tropical, estava bastante ansioso para conhecer o restaurante da famosa e premiadíssima Roberta Sudbrack. Para evitar qualquer problema, fiz reserva com quase um mês de antecedência (faça o mesmo, já que o restaurante tem 60 lugares com 100% de sua capacidade, que sempre estão ocupados!).

Logo na chegada se percebe que é um restaurante diferente. Da recepção ao cuidado que os funcionários têm com você, tudo é bem diferente dos outros restaurantes, mas não tanto quanto o cardápio, que é feito todo o dia! É isso mesmo que você leu, o cardápio é refeito todos os dias com as melhores opções escolhidas pela chef.

Há  três opções para se comer: 3 (entrada, prato principal e sobremesa), 5 (duas amuses, entrada, prato principal e sobremesa) ou 9 pratos (quatro amuses, duas entradas, prato principal e duas sobremesas). Achou muito? Nada disso. Resolvi embarcar nessa experiência gastronômica e descobri que na verdade esses 9 pratos se transformam em uns 12 inesquecivelmente deliciosos.

Pele de milho, sementes de figo e foie gras

Antes mesmo da diversão (tradução literal de ‘amuse’) começar, recebemos salame artesanal, pães, manteiga, mandiopã com manjericão e profiteroles de queijo – experiência iniciada e com o pé direito.

O serviço, sempre atencioso, não deixa copo e prato vazios. Neste ritmo, as amuses começaram a chegar e a surpreender. Como foram muitas, vou listar os pratos e colocar os que mais me chamaram a atenção.

Amuses: Peixe vegetal, talo de taioba e canfotta, Burrata (filé de tomate marinado, brotos e ervas), Bouillon de aspargos brancos em folha de atum vermelho e Pele de milho, sementes de figo e foie gras.

Cada vez que chegava um prato era uma nova sensação. De todos, escolhi mostrar a pele de milho, por saber que, além de ser completamente inesperado (você já comeu ou ouviu falar de alguém que cozinha pele de milho?). Acompanhei pelas revistas de gastronomia que o processo de criação durou mais de um ano! Vale a homenagem, não?

Ovo caipira em crocante de pão e foie gras

Quando as entradas chegaram, já estava em estado de transe, mas nada comparado ao sabor e perfeição do drinque que recebi.

O ravióli de abóbora assada e parmigiano era bom – minha mãe e esposa acharam que faltava um pouco de sal, eu não – mas o ovo caipira… o que era aquilo? As camadas se misturavam e cada colherada já deixava saudade.

A essa hora eu já tinha degustado 9 pratos (6 pratos e 3 entradas), mas estava ansioso pelo principal e ele não deixou a desejar.

Porquinho de leite assado em “baixa temperatura caseira” e batatinha croustillante

Juro que ao ver a foto e tentar descrever a sensação causada, a boca enche de água! Molhadinha, praticamente sem nenhuma gordura, crocante… hummmm… Suculenta! A batatinha também estava ótima, mas fiquei com medo de não conseguir comer as duas sobremesas, então, deixei minha mãe com as batatas restantes, o que não foi problema para ela, já que não come carne de porco.

Depois de alguns minutos estratégicos me preparando para a sobremesa, o chocolate com farinha de mandioca e cacau (achou estranho? Estava ótimo!) me fez ter certeza que os doces não ficariam atrás dos outros pratos.

Canelone de maçã e farinha de pistache

Quando comi esse canelone, não tive dúvida do porquê a Roberta foi escolhida Chef do ano (2010/2011) e seu restaurante o melhor de cozinha contemporânea (2010/2011), ambos pela revista Veja. Ela e sua Sud-equipe (como ela gosta de chamar sua equipe de artistas) realmente conseguem emocionar os amantes da boa comida.

Já não bastasse tamanha experiência gastronômica, enquanto tomava um café da casa com quitutes caseiros (sim, o café vem acompanhado de alguns docinhos tais como brigadeiro de colher, minibomba de chocolate, entre outros) fui convidado pela chef para conhecê-la.

Café acompanhado de brigadeiro de colher, minibomba de chocolate, entre outros docinhos

Roberta viu pelo Twitter que eu estava no restaurante e me deixou ir vê-la… na cozinha, com direito a autógrafo no cardápio e foto com a chef, que além de ser talentosíssima, é extremamente atenciosa e simpática. Que pessoa!

Essa experiência gastronômica teve a duração de mais de 3 horas e meia, que se passaram como se fossem alguns minutos. Se estiver no Rio de Janeiro, gostar de comer bem e de experimentar algo inesperado vá conhecer o restaurante de Roberta Sudbrack. É uma verdadeira experiência gastronômica!

Roberta identificou Edu pelo Twitter e o convidou a visitar sua cozinha, com direito a foto e autógrafo

Preços (sem bebida):
Entrada + Prato Principal + Sobremesa: R$ 145,00
2 Amuses + Entrada + Prato Principal + Sobremesa: R$ 195,00
4 Amuses + 2 Entradas + Prato Principal + 2 Sobremesas: R$ 240,00


Roberta Sudbrack
(@RobertaSudbrack)
R. Lineu de Paula Machado, 916 – Jardim Botânio – RJ
Tel.: (21) 3874-0139

*Edu Godinho é profissional de segurança da informação e  apreciador da boa mesa. Depois do Aconchego Carioca e do Zazá Bistrô Tropical, nosso colaborador nos conta esta deliciosa experiência no Rio de Janeiro. Deu água na boca publicar este ‘toast’.

One Response to “Roberta Sudbrack: uma experiência gastronômica inesquecível”

  1. fatima sousa Says:

    OLÁ MINHA QUERIDA ROBERTA,CHAMO-ME FÁTIMA E SOU PORTUGUESA E ADORA ESTA ÁREA DA GASTRONOMIA E DOÇARIA ,E QUERO DEIXAR AQUI O MEU APREÇO E MEU CARINHO PELO SEU TALENTO.BEM AJA.SAUDE BEIJINHOS TD DE BOM AMIGA.

    Curtir


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: