Quando saí de férias

novembro 12, 2006

Outro dia vi uma matéria com o Claio Blat fazendo um tour pelo bairro do Bom Retiro promovendo o filme “Quando meus pais saíram de férias”. Me lembrei de um toast de dar água na boca, que estava devendo ao Braun Café.

delishop.jpgQuando saí de férias, em agosto, fiz um passeio por lá com meu amigo Fábio (comendo um sanduíche de falafel no toast abaixo) e fomos ao Shoshi Delishop.

Não sou da comunidade, mas gosto muito desse restaurante judaico com cardápio variado, bom preço e o atendimento carinhoso dos donos Adi e Shoshana Baruch. A cozinha é comandada pelo filho do casal, Nir. A foto ao lado, tirada do site do Shoshi, mostra o modesto salão do restaurante.

O cardápio bem variado mistura as influências da culinária judaica ashkenazi, dos judeus do leste europeu, que tem como principais ingredientes batatas e peixes, e a cozinha sefaradi, da península ibérica, com influência árabe, explicam os donos no site.

Da cozinha de Nir, portanto, saem antepastos como arenque, beringela curtida, sardinha com molho de coalhada e o tradicional ghelfite fish, bolinho frio bem leve de peixe moído – acho que falta um pouquinho mais de peixe na massa – servido com molho hrein (raiz forte e beterrada), que é levemente picante e bem gostoso. A porção de varenike, massa recheada de batata e cebola com molho de cebolas fritas, também é boa.

Para os dias frios, recomendo um prato de tchulent, a feijoada judaica. No Shoshi, o cozido inclui feijão branco, salsicha de vitelo, batatas e carne de peito de boi. Outra opção é a ótima costela de boi, que pode vir com uma massinha judaica ou trigo sarraceno.

Entre os mais pedidos está o frango assado com batatas e mel, que deve ser sensacional porque estava esgotado das três vezes que fui ao Soshi. Da próxima vez chegarei mais cedo.

Shoshana, cujo nome significa rosa em hebraico, não te deixa ir embora sem provar uma de suas sobremesas. Siga o conselho e peça o excelente pudim de caramelo. Superou o pudim de leite da minha tia Elza, que comi quando criança. Definitivamente não vou esperar pelas próximas férias para voltar lá.

Se sobrar espaço no estômago recomendo uma passada na doceria Burikita. Especialidade judaica vendida em padarias da ex-Iugoslávia, a burikita é um folhado com diversas opções de recheios doces e salgados. A vitrine tem outros doces tentadores. Feche com um café!

Shoshi: Rua Correia de Mello, 206 – Bom Retiro (SP). Tel: (11) 3228-4774 (Sábado até 15h)
Burikita: Rua Três Rios, 138 – Bom Retiro (SP). Tel: (11) 3227-2654 (Sábado até 16h)

Anúncios

One Response to “Quando saí de férias”

  1. brauncafe Says:

    Comentários feitos no toast original do Brauncafe.zip.net:

    [Camila Fusco]
    Deu água na boca mesmo, Dani!!! Eu, como judia falsificada que sou, não posso nem ouvir falar em ghelfite fish, mas com certeza o pudim de caramelo vai me fazer babar… 😉
    13/11/2006 17:17

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: