Creme Brûlée em Paris

março 19, 2008

cremebrulee_350.jpg


*Por Fabi Monte
Creme Brûlée (acabo de descobrir que se escreve assim) sempre foi uma de minhas sobremesas favoritas. O sabor é leve, suave e, ao mesmo tempo, tem personalidade. Acho que ela vem da crosta de açúcar queimado que se quebra quando você enfia a colher, revelando aquele creme amarelo clariiiinho.

Sempre que vou a um restaurante e o creminho danado aparece no cardápio, é minha escolha como sobremesa.

Tive o privilégio de experimentar em Paris um creme brûlée muito gostoso. Não sei se é o melhor de Paris, mas para mim teve – e sempre terá – um gostinho especial.

lesfontaines_350.jpg

Estava vagando pela cidade, nos arredores do Jardim de Luxemburgo, e escolhi, aleatoriamente, um bistrô para almoçar. Com apenas dez mesas, além de aconchegante, o restaurante Les Fontaines é bem localizado – fica exatamente em frente ao Panthéon. Escolhi uma mesa de frente para a porta, de propósito, para ver a cidade passar.Como todo bom turista, pedi um “Menu du jour” e uma taça de vinho. O menu era uma saladinha de folhas verdes e pão, muito pão. Como prato principal, uma massa bem saborosa, acompanhada de um delicioso filé.

A sobremesa não aparecia no menu – à escolha do Chef. E, para minha alegria, era Creme Brûlée. Ponto para os franceses! Gastei 18 euros e voltei a vagar, feliz, pelas ruas de Paris.

Les Fontaines – 9 Rue Soufflot 75005 – Paris.

*Fabiana Monte é jornalista, curiosa, gulosa e tem muita sorte. Adora comer e não sabe o que é engordar. Adora creme brulée e, sem saber, escolheu o lugar certo em Paris.

Dicas

Que tal viajar para sua cozinha e preparar um Creme Brulée? Encontrei uma receita bacana do blog Tomato e Potato.

Uma única vez (que preguiçosa…) preparei um creme brulée no curso do Renato Frias, dono do Chef Du Jour, na Vila Olímpia, em São Paulo. Veja aqui as preciosas dicas do chef:

Após bater os ovos com o açúcar e a baunilha, deixe descansar por 30 minutos para eliminar a espuma. Só depois esquente o creme de leite;

Coloque papel absorvente no fundo da assadeira e água antes de colocar os recipientes com o creme no forno em banho-maria;

Se você não tem um maçarico, pode esquentar uma colher no fogo para queimar o açúcar e fazer seu brulée.

Anúncios

5 Responses to “Creme Brûlée em Paris”

  1. carlinhos Says:

    Abrindo os trabalhos…

    Curtir

  2. fran Says:

    creme brulée em paris? isso sim é viver a vida adoidado!

    Curtir

  3. henrique Says:

    eu comi um creme brulée em paris também, nalgum jantar corporativo. foi lindo e maravilhoso.
    e tenho em casa um maçarico que seria para fazer o creme em casa… mas no final serve para flambar o açúcar em morangos 😉

    Curtir

  4. Ale Scaglia Says:

    Opa! Essa informação é importante, Henrique! Vamos lembrar de fazer um creme brulée no próximo almojanta (em homenagem à Braun… heheehhe).

    Curtir

  5. Fabi Monte Says:

    Nossa! Vamos fazer logo esse almojanta! risos

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: