A cidade sem botecos

janeiro 24, 2007

clauale2.jpg

Águas de Lindóia, uma das 11 estâncias hidrominerais do Estado de São Paulo, não tem esse nome à toa. Na cidade, que está a um pulinho de Minas Gerais, não há um boteco sequer.

Os amigos Alê e Clau, que adoram botecos, descobriram a curiosa ausência de bares na cidade quando estiveram por lá para um merecido descanso no final do ano.

No primeiro dia pediram a indicação de um barzinho e acabaram caindo em um sambão. No segundo foram comer uma pizza e tomar uma cerveja. No terceiro dia queriam ir a um bar de qualquer jeito. Viraram a cidade do avesso e nada. O mais próximo que encontraram de um lugar para tomar uma cerveja em uma mesinha na calçada foi a sorveteria do centro, que servia apenas sorvetes, café e cerveja.

Original, Bohemia, Serramalte, uma mesinha na sorveteria e… que tal uma porção? “Eles vendiam cerveja, mas não tinham nenhum petisco, tanto que o cara conseguiu improvisar uma porção de salame na cozinha do hotel ao lado, por 8 reais. Em compensação, foi a Original mais barata que tomei: 3 reais”, conta o Alê.

Depois dessa, Alê e Clau pediram água. Voltaram ao hotel e se contentaram com o barzinho de lá, relaxando à beira da piscina.

Dizem que as águas de Lindóia são curativas. Não tenho dúvidas. Mas acho que uma cervejinha no boteco da cidade, um único botequinho que seja, no calor de dezembro, tem propriedades medicinais incalculáveis. Conclusão: abra um bar em Águas de Lindóia e você vai nadar na grana.

Felizmente, quando voltaram a São Paulo, Alê e Clau encontraram um oásis botequeiro na Vila Olímpia, o Bar do Arnesto. Eles recomendam Original gelada e a porção de carne seca acebolada com mandioquinha. Ótima notícia em um bairro onde são raríssimos os botecos que sirvam geladas de 600 ml e porções bem preparadas sem a intragável badalação local. Pois o Bar do Arnesto nos convidou.

Bar do Arnesto – Rua Ministro Jesuíno Cardoso, 207 – Vila Olímpia. Tel: (11) 3848-9432

Anúncios

One Response to “A cidade sem botecos”

  1. brauncafe Says:

    Comentários feitos no toast original do Brauncafe.zip.net:

    [Ale Frata] [www.1853.net]
    Dani, ficou muito bom! Parece que você esteve lá conosco. O bar citado pel PH , Zé Gordo, é bem legal também, mas o Arnesto é melhor, no quesito boteco. Quando quiser, é só marcar, afinal, o Arnesto nos convidou… Beijos e obrigado pelo post.
    29/01/2007 09:04

    [fran] [http://francoiseterzian.blog.uol.com.br]
    não é só bar que falta em águas de lindóia. digamos assim que é um lugar sem muitas opções. ano passado fui depois de anos sem botar os pés – qd era criança ia com os avós – e voltei antes. quase enlouqueci! e olha que não bebo!
    28/01/2007 19:33

    [PH]
    Você conhece o Zé Gordo? Clodomiro Amazonas quase chegando na Tabapuã. Tá mais pro Itaim, mas tem cerva gelada (dizem) e as poções são bacanas. E sem a badalação mala dos mauricinhos/patricinhas do lugar.
    26/01/2007 10:08

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: