Vila Madalena marroquina

março 11, 2012


A culinária marroquina é bem representada no prato principal do Tanger para o almoço da São Paulo Restaurant Week 2012. O evento que reúne mais de 200 restaurantes com cardápios em promoção, na capital e no interior  de São Paulo, vai até o próximo domingo dia 18 de março. Veja também o post do Blú Bistrô na Restaurant Week 2012.

O tagine de frango com amêndoas e ameixas (Coxa e sobrecoxa de frango cozidas com canela, gengibre, ameixas e amêndoas) servido com couscous marroquino estava especial e valeu por todo o cardápio promocional de almoço, que custa R$ 31,90 (além da doação de R$ 1 para a Associação Comunitária Monte Azul).

A outra opção de prato principal, não tão marroquina, parecia interessante. Para quem não é chegado a canela, o “Desarrumadinho do Tanger” (cordeiro desfiado, purê de abóbora, couve fresca, alho frito, batata palha caseira e azeite extra virgem) é uma boa pedida. A casa oferece ainda uma terceira opção vegetariana: lentilhas cozidas com arroz branco e cominho (acompanha iogurte natural com pepinos).

As opções de entrada e sobremesa pareciam mais gostosas na descrição do que na prática. O recheio da “pastilla de frango” (pastel marroquino de massa Brick recheada com frango desfiado, amêndoas torradas, mel, canela e especiarias) estava saboroso, mas não me agradou o açúcar polvilhado com canela por fora do rolinho – me veio à mente um churro com recheio de carne. Já o restante da mesa aprovou a combinação.

Os pequeninos rolinhos de pão folha recheados com coalhada artesanal e zatar em cama de pepinos frescos e azeite extra virgem estavam ‘ok’, mas tinham coalhada em excesso, segundo a amiga Natasha.

Entre os doces, o pavê marroquino agradou mais do que  a Corne de Gazelle (massa caseira assada recheada com Marzipan e essência de flor de laranjeira). O pavê com laranjas confitadas, cream cheese e biscoito doce moído podia ser menos doce. Este caso um pouco mais de cream cheese deixaria o pavê na medida certa.


Fora da Restaurant Week, o Tanger oferece opções acessíveis para o almoço executivo. Durante a semana é possível escolher salada e prato principal por R$ . Para um jantar marroquino, um dos pratos mais em conta é o Coscous da Medina (peito de boi cozido com especiarias, coscous com legumes cozidos e cebola dourada) por R$ 27.

Antes escondido no final da Rua Fradique Coutinho, o restaurante ganhou mais visibilidade na casa nova, aberta em janeiro de 2011, que eu ainda não conhecia. Na mesma Fradique continua instalado, desde 1997, outro fiel representante da culinária marroquina: o Agadir.

Os diferentes espaços do novo Tanger são bem ambientados. Para os dias de sol há três mesas no terraço. No último sábado deu chuva, mas nada atrapalhou o bate-papo com as amigas Ciça e Natasha e minha irmã Fabi. Foi uma tarde marroquina muito agradável.

Tanger
Rua Harmonia, 359 – Vila Madalena – São Paulo (SP)
Tels.: (11) 3031-8466 / 3037-7223

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: