AK: Frango Confit com repolho roxo agridoce e batata bolinha. Foto: Arquivo São Paulo Restaurant Week (SPRW)/Agosto 2010

Na segunda temporada de 2010 da São Paulo Restaurant Week, que começa nesta segunda-feira (30/8) e vai até 12 de setembro, o preço do almoço promocional (entrada + prato principal + sobremesa) aumentou de R$ 27,50 para R$ 29, além da doação de R$ 1 opcional à Ação Criança. Já o jantar teve seu valor mantido em R$ 39 + R$ 1 de doação.

Limonn: Saint Pierre com pomodorine, alcachofra e arroz negro

Limonn: Saint Pierre com pomodorine, alcachofra e arroz negro. Opções: Fraldinha flambada na cachaça com batatas à provençal ou Risotto de quatro cogumelos com queijo ementhal Foto: Arquivo SPRW

Como dizem os economistas “não existe almoço grátis”. A @RestaurantWeek_ já vinha mantendo os R$ 27,50 há algumas temporadas e resolveu reajustar. O negócio é aplicar seus preciosos R$ 30 em um lugar com cardápio interessante. Afinal, como já comentei antes, penne à bolonhesa e hambúrguer a gente pode comer em casa ou gastando bem menos.

Seraphini (só jantar): Pescado ao molho de frutos do mar guarnecido por couscous italiano amanteigado com vegetais. Foto: Arquivo SPRW

Nesta segunda temporada da iniciativa a lista de restaurantes aumentou de 200 para 210, mas senti falta de alguns lugares bacanas como Brasil a gosto e Cordel da Vila, que foram muito elogiados em outras edições e não tive a oportunidade de conhecer ainda. O Cordel, segundo minha amiga Cecília, companheira de Restaurant Week, dá para encarar fora da promoção.

Sobremesa do AK: Mousse Moccachino com chantilly de canela e ovomaltine. Foto: Arquivo SPRW

Este ano, inclusive, Cecília ganhou um voucher da organização do evento e vamos ao Osteria sem pagar o almoço. Neste caso, abriremos uma exceção à teoria do almoço grátis, mas teremos de pagar os 10% pela bebida, que pode até ser um vinho mais bacana para compensar. Aliás, sempre inclua os 10% na sua contabilidade durante o evento.

Galeto com polenta aromática, ragú de paris e agriãozinho. Foto: Luis Simione/Arquivo SPRW

Aos vegetarianos, a boa notícia é que muitos restaurantes se preocuparam em oferecem opções em carne e há também o Apfel, um bom representante do ramo, que volta nesta temporada com um menu apetitoso até aos que não têm restrições alimentares.

Obá: Burrito de frijoles ao estilo do norte do méxico. Opção: Enroladinho mar e terra da jôse de boipeba. Foto: Arquivo SPRW

Entre os integrantes da Restaurant Week, que você pode experimentar sem erro, recomendo o AK Delicatessen, que sempre traz um menu criativo e delicioso na linha judaica contemporânea, e o Obá, que faz uma fusão entre culinária asiática, brasileira e mexicana, e cujos donos fazem parte da organização do evento.  Tive uma ótima experiência também com os sabores tailandeses do Marakuthai. Agora estou de olho no Lola Bistrô no Don Carlini.

As dicas quentes de leitores e amigos, que continuam nesta sétima temporada, incluem Caroline, Emprestado, Limonn, Seraphini e Vinheria Percussi.  Já o Roux Bistrô deixou a desejar, no começo do ano.

Lola Bistrô: Brandade de bacalhau com purê de salsa francesa, castanha e tapenade. Opção: Cordeiro braseado com polenta mole, cogumelo crocante e pimenta biquinho. Foto: Rafael Wainberg/Arquivo SPRW

Na sexta temporada também estive no Ají com a Ciça, querida ‘restaurant friend’, e no Le French Bazar (saiba mais sobre eles no toast ‘O Bazar do Francês‘). O primeiro mandou muito bem na entrada com um ótimo escondidinho de tilápia, mas as opções de prato principal não eram tão incríveis e o creme brulèe de maracujá com gosto de ovos decepcionou. Já o simpático bistrô, cuja reserva me foi ‘emprestada’ pela Cris Sato, serviu um excelente ragú de costela com polenta. Só não gostei da relação custo x benefício do couvert (R$ 7 por pessoa por uma cesta de pães simples, patê de fois e manteiga).

Opção de entrada do Marakuthai - Salada de cuscus marroquino com hortalicas e castanhas. Foto: Arquivo SPRW

Recomendações

No toast da primeira temporada da Restaurant Week 2010, você também encontra comentários sobre restaurantes visitados, mas volto a repetir algumas dicas que considero importantes para sua felicidade gastronômica.

– Reserve e seja pontual
São Paulo é a capital mundial da gastronomia e há muitas pessoas como nós que também querem aproveitar uma semana promocional para experimentar restaurantes caros e concorridos. Telefone com antecedência, faça sua reserva, confirme no dia e chegue pontualmente. Caso contrário, prepare-se para enfrentar horas de espera.

– Os 10%
O menu é promocional, mas a taxa de serviço não. É importante considerar os 10% sobre os R$ 30 do almoço ou os R$ 40 do jantar e as bebidas. Se for compensar com um vinho mais caro, lembre-se da taxa.

– A pegadinha do couvert
No caso do couvert, que geralmente é servido sem que o cliente peça, uma dica é perguntar se é cortesia da casa, já que estão lhe ‘oferecendo’. Outra recomendação é checar se a oferta vai valer a pena. No caso do French Bazar achei que não valia R$ 7 por pessoa. Já no AK (veja as fotos do couvert), você pode se deliciar com pães caseiros macios e três patês (saladinha de ovos, pepino no iogurte com dill e patê de fígado de galinha) por R$ 12 (pode pedir para uma pessoa e dividir que é bem servido).

– Restaurant executivo
Muitos participantes da Restaurant Week oferecem ótimas opções de almoço executivo com preços acessíveis e até inferiores aos da quinzena promocional. No caso do Oggi, por exemplo, pode ser mais jogo almoçar por R$ 31 no Buffet completo do que entrar na promoção. Se você tem horário flexível ou trabalha perto de lugares como o Seraphini, nos Jardins, ou o AK, na Consolação, vai se surpreender com as opções acessíveis e incrementadas do almoço executivo, sem data para acabar.

– Deguste comentários antes e opine depois
Minha recomendação final é que você procure ler comentários dos restaurantes que deseja experimentar. Aqui no Braun Café muita gente já mudou minha rota na Restaurant Week e deixei de pagar micos. E depois de ter uma ótima ou terrível experiência em um dos participantes, sua boa ação será compartilhar as dicas com outras pessoas na rede. Espero seu comentário!

Próximos destinos
Depois de São Paulo, a Restaurant Week passa por Belo Horizonte (20 de setembro a 3 de outubro), Curitiba (27 de setembro a 10 de outubro), Rio de Janeiro (18 a 31 de outubro) e Recife (15 a 28 de novembro). Há previsão, ainda não confirmada, para Porto Alegre (de 4 a 17 de outubro) e Salvador (22 de novembro a 5 de dezembro).

%d blogueiros gostam disto: