Antica Bottega Del Vino, em um beco de Verona. Taça de vinho local e petisco de codorna por 5 euros.

Antica Bottega Del Vino, em Verona. Taça de vinho local e petisco de codorna por 5 euros.

Itália, amore mio. Difícil não se apaixonar por uma terra que cultiva tão bem a tradição de seus produtos e a celebração de seus sabores. Felizmente, três anos depois do amor à primeira visita, o Braun Café fez um giro de 15 dias pelo Norte do país. Nos próximos posts, você encontrará dicas preciosas desta viagem pela gastronomia emocional italiana. Veja mais fotos e dicas no Flickr do Braun Café. Andiamo!

Começamos pela romântica Verona, onde osterias e restaurantes se revelam aos amantes da boa comida entre vielas e becos. Em um deles está a Antica Bottega Del Vino, aberta em 1890 a poucos quarteirões da Casa di Giulieta. A carta (lousa) de vinhos em taça e os petiscos (cichetti) no balcão merecem uma parada. Prove uma apetitosa e picante porção de coxinhas de codorna acompanhada de uma taça de vinho branco Lugana por 5 euros.

Dry Martini clássico e drink molecular com prosecco no Frizzante Lab

Dry Martini clássico e drink molecular com prosecco no Frizzante Lab

Vale esticar o happy hour no Frizzante Lab e se perder na respeitável carta de coquetéis do local, que vai dos dry martinis aos moleculares. Se quiser pegar leve recomendo uma taça de Romeu e Julieta, com prosecco, licor de framboesa e gelo. Aos mais animados, a dica é o “Corpse Reviver #2” com gim, vermute e suco de limão siciliano. Os preços dos drinks (7 euros, em média) também são animadores.

O laboratório rendeu uma segunda visita. Dos moleculares provei um drink ‘lúdico’ de prosecco e ‘pérolas’ de licor que estouravam na boca, primeiro frutadas e depois amargas. Desta vez, além de batatinhas fritas, a casa ofereceu uma porção com salame picante, queijo de cabra e pãezinhos. Adorável.

Risotto de abóbora com gorgonzola do simpático Tre RisottiRisotto de abóbora com gorgonzola do simpático Tre Risotti

Risotto de abóbora com gorgonzola do simpático Tre Risotti

Para o jantar, a duas quadras do Frizzante, descobrimos o Tre Risotti, com boa comida local, atendimento simpático e preços acessíveis. Os pratos custavam de 7 a 10 euros, em média, sendo que o mais caro, um mix de carnes grelhadas para uma pessoa (faminta) custava 10 euros.

O Tre Risotti também mereceu bis. Na primeira vez provei uma tradicional tagliata di manzo (filé mignon ao ponto cortado em tiras com parmesão e rúcula fresca), mas o risoto do dia, de abóbora com gorgonzola, como o nome do restaurante já indica, foi o destaque. Simples, delicioso e inesquecível.

Antica Bottega Del Vino – Vicolo Scudo Di Francia, 3 – Verona, Itália Tel.: +39 045 800 4535

Frizzante Lab – Via Marconi, 15 Tel.: +39 388 436 0548

Ristorante Tre Risotti – Via Poloni, 15 – Verona, Itália Tel.: +39 045 594 408

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ristorante Greppia em um dos becos românticos de Verona

Ao passear por Verona, o viajante compreende o que levou Shakespeare a se inspirar na romântica cidade ao Norte da Itália para situar a peça Romeu e Julieta. A ‘goiabada com queijo’ deve ser invenção nossa mesmo, mas outras inúmeras delícias do Vêneto cortejam os visitantes.

Passeando pelo Corso Porta Borsari, uma das principais ruas da cidade, é impossível deixar de admirar vitrines de pasticcerias e bares de vinhos seculares. Isso sem contar a sorte de charmosos restaurantes escondidos como romances secretos em cada canto da cidade.

"Cartas (de vinhos) para Julieta": Ecoteca Segreta é um convite à degustação de sabores do Vêneto

A culinária local também é caracterizada por pratos com polenta, radicchio, flor de abobrinha (o legume supremo) e carne de cavalo, que me aventurei a provar no recomendado Ristorante Greppia.

Em uma tarde chuvosa, cheguei cedo para o almoço em uma belíssima viela, no centrinho de Verona. Logo ali também está a Enoteca Segreta, um lugar incrível para degustar os excelentes vinhos da região. Seria um programa perfeito após um show na arena de Verona, o ‘mini Coliseu’ da cidade.  A temporada de ópera na arena romana vai de meados de junho a 3 de setembro. Já pensou?

Entrada, 'coperto' e uma taça de bom Valpolicella da casa

No Greppia pedi uma taça de bom Valpolicella da casa (3 euros), provei os pãezinhos do couvert (3 euros) e aproveitei a entrada para matar a curiosidade: sfilacci cavallo (salada de carne de cavalo finamente desfiada com lascas de parmesão e rúcula – 8 euros). O sabor é ótimo e bem similar ao de carne de boi. Pode ser uma boa ideia para tentar reproduzir em casa, com carne louca, talvez.

Sfilacci Cavallo - carne de cavalo (tradição da culinária de Verona) cozida e desfiada com rúcula e lascas de parmesão

Para o principal, escolhi uma massa (o ‘primi piatti’): nhoque de batata ao molho branco de mascarpone (o queijo ‘mágico’) e radicchio, que apreciei lentamente com o vinho e meia garrafa de água mineral. A conta saiu 24 euros. Barato não é, mas foi um almoço delicioso, para guardar de recordação. E estou certa de que um restaurante equivalente em São Paulo seria muitas vezes mais caro.  Saudade da Itália…

Nhoque de batata ao molho de mascarpone e radicchio

Provei a polenta assada com bacalhau à vicentina (12 euros), outro prato típico da região, no ristorante S. Eufemia. Estava bacana, mas nada de outro mundo. Já o aromático vinho Bianco di Custoza, que acompanhou o jantar (10 euros meia garrafa), foi inesquecível.

Baccalà alla vicentina con polenta do S. Eufemia

Em uma pausa para o lanche provei um ótimo crepe de espinafre no La Batida, acompanhado de suco de laranja natural. O pequeno café, próximo à suposta casa de Julieta, é uma ótima pausa para um lanche ou ‘gelatto’ em Verona.

Delicioso Bianco di Custoza, da Azienda Agricola Cavalchina

Fiquei sonhando com um spaghetti ao vôngoli e flor de abobrinha que vi no menu da Osteria Sgarzarie, em uma das travessas de Verona. Infelizmente ficou só no amor platônico.

Ótimos crepes de presunto speck (ao fundo) e espinafre com gorgonzola no La Batida

Ristorante Greppia

Vicolo Samaritana, 3 – Verona, Itália
Tel.: 00 39 045 800-4577

Enoteca Segreta
Tel.: 00 39 045
Vicolo Samaritana, 10 – Verona, Itália
Tel.: 00 30 045 801-5824

Ristorante S. Eufemia
Via Emilei, 21/b – Verona, Itália
Tel.: 045 800-6865

Osteria Sgarzarie
Corte Sgarzarie, 14/A (Travessa do Corso Porta Borsari) – Verona, Itália
Tel.: 045 800-0312 / Cel.: 339 443-4208
E-mail: osteriasgarzarie@alice.it

La Batida
Via Capello, 4 – Verona, Itália
Tel.: 045 801-2188

%d blogueiros gostam disto: