Jantar à italiana

dezembro 11, 2011

Meia garrafa do toscano Centine acompanhando um excelente jantar italiano no Zino Adega e Restaurante

O Zino Adega e Restaurante é um lugar que vale ter em mente quando se trata de comida italiana preparada com dedicação, bons vinhos e serviço atencioso, seja para um jantar romântico ou almoço descontraído.

O cardápio segue a linha dos restaurantes da Itália, com algumas sutilezas da nossa culinária como o risoto de castanha do Pará, que acompanha a respeitável coxa e sobrecoxa de frango ao molho de laranja, ou os deliciosos pãezinhos de tapioca com queijo servidos no couvert. Veja todas as fotos dos pratos do Zino Adega no Flickr do Braun Café.

Couvert: pãezinhos de tapioca com queijo, pão caseiro, manteiga com sálvia, tapenade de azeitonas e cogumelos grelhados com parmesão

As entradas incluem embutidos cortados na hora e brusquetas. Dá pra ficar só nas porções, batendo papo e bebericando uma taça de vinho, por exemplo. Em uma tarde ensolarada, além do salão de dois ambientes, é possível se acomodar nas mesinhas com guarda-sol em um pequeno deck na frente da casa ou no quintal onde encontra-se uma bela mesa para seis pessoas à sombra de uma caramboleira.

A adega oferece rótulos do mundo todo, também serviços em taças de 100 ml, 200 ml ou no decanter (500 ml). A escolha foi meia garrafa do toscano Centine (R$ 42), que acompanhou muito bem a refeição.

Mesa para seis, no quintal, embaixo da caramboleira

Nesta primeira visita ao restaurante – recomendado pelo amigo Edgar Kanamaru -, o jantar a dois começou com o couvert da casa (R$ 7,50 por pessoa), que inclui dois pãezinhos de tapioca com queijo, fatias de pão caseiro integral, manteiga com sálvia e dois acompanhamentos do dia – saborosos cogumelos grelhados com parmesão e tapenade (pasta de azeitonas pretas). O Fábio, que não é muito chegado a massas integrais ou tapioca, sentiu falta do pão italiano tradicional, mas adorou a manteiga com sálvia.

Bife ancho de respeito com generoso spaghetti à carbonara

A escolha do prato principal foi mais complicada entre tentadoras opções de massas, risotos, polentas e carnes. O atencioso e simpático garçom Matias nos orientou e contou algumas curiosidades. Aos sábados, por exemplo, há um prato ‘só daquele dia’, que nunca se repete, e o molho à bolonhesa é servido somente aos domingos para seguir uma tradição, além de incentivar a escolha de outros sabores pelos clientes, nos outros dias.

Os olhos pararam no cardápio de carnes. Fábio optou por um alto e suculento bife ancho e trocou o acompanhamento de salada por spaghetti à carbonara (R$ 43,80 com acompanhamento de massa ou risoto). Quando o grande filé imponente chegou à mesa entendemos porque a sugestão de acompanhamento é salada.

Coxa e sobrecoxa de frango ao molho de laranja com risoto de castanha do Pará

Minha escolha foi uma generosa coxa e sobrecoxa de frango, no ponto certo, ao molho de laranja, acompanhada de um leve risoto de castanha do Pará e parmesão (R$ 37,50). Ufa… confesso que foi difícil encarar o prato todo, embora estivesse delicioso.

Na próxima visita pretendo adotar outra estratégia, começando com a porção de brusquetas e talvez dividindo um prato principal de carne. Assim sobra espaço para provar o Pudim da Cacá [de requeijão com calda de frutas vermelhas] que o Edgar até fotografou para o Braun Café.

Zino Adega e Restaurante
Rua Joaquim Távora, 1317 – Vila Mariana, São Paulo (SP). Tel.: (11) 5082-4308.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: