Ravioli de carne o molho de cogumelos na manteiga é uma das opções de almoço rápido do Eataly.

Ravioli de carne com molho de cogumelos é uma das opções de almoço rápido do Eataly. Menu de R$ 45, com suco e sobremesa, muda semanalmente.

O Eataly nasceu na terra do Slow Food, mas sua loja brasileira se adaptou ao ritmo paulistano e começou a oferecer um almoço rápido com preço fixo, durante a semana. O ‘Pranzo Veloce’ inclui pão italiano e azeite, prato principal (varia de acordo com o restaurante), bebida (suco, água ou refrigerante) e sobremesa por R$ 45.

Duas fatias de pão italiano e azeite para esperar o prato veloce, no La Pasta.

Duas fatias de pão italiano e azeite para começar o ‘pranzo veloce’, no La Pasta.

Estive por lá ao meio-dia, em uma tranquila terça-feira de férias, e provei um delicioso ravióli de carne com cogumelos na manteiga no restaurante La pasta, de massas e pizzas. Estava tão bom que merecia uma degustação bem lenta, ‘piano, piano’. Depois fui pegar a simpática sobremesa na pasticceria (tortinha de limão de colher, servida no pote de vidro) e encontrar a caríssima Kay para um café, um papo e uma voltinha.

Depois da torta de limão (inclusa do menu), um bom expresso.

Depois da torta de limão (inclusa do menu), um bom expresso.

As massas e ‘o molho’
Aproveite para dar uma passada rápida no mercado para comprar una vera pasta italiana. ‘My preciouss’ é o Fusilli da Pisani (R$ 12,90 o pacote de meio quilo), que conheci na Itália. Bem macia e consistente, a massa adere superbem ao molho de tomates. Parece que a nonna acabou de fazer (cozinhe com bastante água).

O fusilli da Pisani: parece que uma nonna italiana acabou de fazer. Veja a dica da Kay para o molho de tomates perfeito.

O fusilli da Pisani é a massa preciosa. Parece que uma nonna acabou de fazer na sua casa.

Outra dica para fazer em casa é o ravióli ‘plin’ (pequenino e fechado com um ‘belisco’, na tradição do Piemonte). A área de massas frescas do Eataly tem opções com recheios de carne e de gorgonzola (R$ 9,90 cada 100 gramas). Depois é só cozinhar por 2 minutinhos, fazer um molhinho de manteiga e sálvia e plin.

Os pequeninos e deliciosos raviolis 'plin' com ao molho mágico de tomates e cebola.

Os pequeninos e deliciosos raviolis ‘plin’ ao molho de tomates e cebola. Veja a dica da Kay para fazer um molho al sugo rápido e sem acidez.

Os molhos do Eataly são caros. Melhor fazer em casa. E se for molho de tomates, siga a dica mágica que a Kay postou no Facebook para tirar a acidez do molho de um jeito fácil e sem crimes culinários, como na foto acima.

Pão de azeitona crocante e cheiroso para fazer sucesso em casa.

Depois do almoço rápido, vale levar um pão de azeitona crocante e cheiroso e bombons de pistache para casa.

E já que você está ali mesmo, leve uns bombons de chocolate meio-amargo (fondente) da Venchi. É um pouco caro (100 gramas por R$ 29), mas é uma opção para provar diversos sabores desse chocolate incrível do Piemonte (não deixe de levar o bombom de pistache). Da padaria, o crocante e perfumado pão de azeitona (R$ 8) fez sucesso em casa.

Eataly
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1489 – Vila Olímpia – São Paulo – SP
(Aberto todos os dias das 8h às 23h)
http://www.eataly.com.br/

La pasta
Segunda-feira a quinta-feira: 11h30 às 15h e 18h30 às 23h
Sexta-feira: 11h30 às 15h e 18h30 às 24h
Sábado: 12h às 24h
Domingo: 12h às 23h
Veja os horários dos outros restaurantes do Eataly: http://www.eataly.com.br/restaurant.html

Jantar à italiana

dezembro 11, 2011

Meia garrafa do toscano Centine acompanhando um excelente jantar italiano no Zino Adega e Restaurante

O Zino Adega e Restaurante é um lugar que vale ter em mente quando se trata de comida italiana preparada com dedicação, bons vinhos e serviço atencioso, seja para um jantar romântico ou almoço descontraído.

O cardápio segue a linha dos restaurantes da Itália, com algumas sutilezas da nossa culinária como o risoto de castanha do Pará, que acompanha a respeitável coxa e sobrecoxa de frango ao molho de laranja, ou os deliciosos pãezinhos de tapioca com queijo servidos no couvert. Veja todas as fotos dos pratos do Zino Adega no Flickr do Braun Café. Continue lendo »

Osteria: semifredo ao capuccino com 'ragú de frutas vermelhas'. Se criassem uma 'Dessert Week' seria uma sucesso

Sexta e sábado experimentei os cardápios promocionais de dois italianos participantes da 7ª São Paulo Restaurant Week, que acontece até 12 de setembro na cidade. O jantar do tradicional Don Carlini, na Mooca, estava excelente e o menu do Osteria foi bem executado, mas o que me chamou mais a atenção foram as sobremesas.

Entre as opções oferecidas pelo Don Carlini estava um maravilhoso pudim de pão, acompanhado de sorvete de creme e de uma calda de laranja que fez toda a diferença. Vou dar a dica para minha Tia Loque, que me apresentou seu delicioso pudim de pão com cravo e passas, na infância. Nem preciso dizer que saí do restaurante feliz como uma criança.

Sensacional 'Budino di pane' do Don Carlini na Restaurant Week 2010

No Osteria, o ponto alto do almoço, fora das cervejas importadas, foi o semifredo ao cappuccino extremamente cremoso e perfeito com a calda de frutas vermelhas. Pena que o doce tinha quase um ‘tamanho degustação’.

Bem que a organização do evento podia criar uma ’Dessert Week’. No fim das contas, ou melhor, antes delas, não costumo pedir sobremesas toda vez que vou comer fora. Acho que o cardápio completo acaba trazendo deliciosas surpresas no final, honrando patissiers e profissionais destas praças.

Carpaccio milimetricamente fatiado, com rúcula, molho de alcaparras, pedacinhos de alcachofra e parmesão

Voltando às entradas, fui ao Don Carlini da Mooca por ser o mais tradicional, mas há duas casas na Zona Oeste (Vila Madalena e Perdizes). Fiz minha reserva para jantar em uma sexta-feira, na véspera de um feriado prolongado, então peguei o maior trânsito da história até o começo da Radial Leste.

Embora a região da Rua Dona Ana Neri não seja lá muito amigável, o clima da ‘famiglia italiana’ do local aberto há 25 anos fez tudo valer a pena.  Na entrada, havia uma festa [de casamento, creio eu] com banda ao vivo tocando somente clássicos italianos. É praticamente impossível não recordar de ‘Don Corleone’ diante daquele cenário decorado com painéis de tecido imitando ruas da Itália, das crianças brincando do lado de fora, das bandeiras de províncias italianas e de tudo mais “Michael…”.

Paleta de leitão assada com batata doce, alho assado e legumes em cartoccio. (Sorry pelo flash, mas é duro fotografar à luz de velas)

Fui conduzida ao salão principal do restaurante, iluminado à luz de velas – uma pena para a iluminação das fotos, mas muito romântico – e onde o som do ‘Arrivederci Roma’ não chega. Para embalar o momento, em uma noite quente e seca, optei por um refrescante Lambrusco (R$ 41), com baixo teor alcoólico (8%), que acompanhou bem o jantar.

Entre as opções do menu promocional, escolhi um gostoso carpaccio fatiado milimetricamente com molho de alcaparras, pedaços de parmesão e algumas alcachofras.

Cabrito à moda do cardápio regular (R$ 49). Leve fetuccini da casa no lugar de batatas e arroz

Depois de provar o levíssimo fetuccini na manteiga que acompanhava o macio cabrito escolhido pelo Fábio (R$ 49) suspeitamos que o pessoal da cozinha adote o método ‘Bons Companheiros’ de corte (cena em que um dos mafiosos, na prisão, corta o alho com uma lâmina para preparar o jantar). A massa fez tanto sucesso que comprei um pacote (R$ 9) na lojinha do Carlini, que vende massas frescas, secas, molhos e polpettines.

Opção do Don Carlini na Restaurant Week - Fettuccine com presunto cru, grana padano, salvia, radicchio e pinoli

Meu prato principal foi a Paleta de leitão assada e desossada servida com batata doce e legumes em cartoccio temperados com alho, tomilho e azeite. A carne envolva em uma crosta ‘tipo pururuca’ estava bem macia e suave. Os legumes não tinham tempero, mas minha amada abobrinha estava lá e uma cabeça de alho assado doce e cremoso deu um sabor especial ao prato.

Polpettinis, molhos e massas artesanais à venda no Don Carlini

Depois do pudim de pão sensacional e de um bom café fomos para casa contentes. O serviço foi atencioso e o poderoso chef do Don Carlini ainda ganhou pontos com o Fábio, ‘Don Bolsarini’. Para minha alegria, ainda ganhei um vale-sobremesa grátis no próximo jantar. Oba!

Salada Osteria (rúcula, radicchio, tomate rústico, mussarela de búfala, aliche e tapenagem de azeitonas pretas)

No Osteria, eu e Cecília tivemos o dia do ‘almoço grátis’ já que ela ganhou um ‘Vale-Restaurant Week’ para o local. Demorou um pouco para termos um garçom ligado em nossa mesa, mas depois acertaram no atendimento e pedimos a carta de cervejas. Sim, cervejas harmonizam com tudo, especialmente com um sábado de muito sol. A carta tem opções interessantes. Provamos a ótima tcheca 1765 (R$ 14 – 500 ml) e a saborosa e levemente frutada 8.6, da Holanda (R$ 12,90 a lata de 500 ml).

A holandesa 8.6 entre as opções de cervejas especiais do Osteria

Como o almoço era ‘free’ aceitamos o couvert (R$ 10) com pães variados (alecrim e pão de lingüiça) gostosa tapenade de azeitonas pretas e patê de ricota com manjericão. Optamos pela Salada Osteria (rúcula, radicchio, tomate rústico, mussarela de búfala, aliche, tapenagem de azeitonas pretas). Tempero com azeite de pimenta e azeite de manjericão. A outra opção seria polenta com molho à bolonhesa gratinada, mas nossa escolha principal já tinha polenta.

Galeto ao molho de tomates e cogumelos (ragú de Paris'), polenta cremosa e agriãozinho

O galeto com molho de tomates e cogumelos, polenta mole e agriãozinho estava bem saboroso. Eu até podia dizer que comi frango com polenta e que assim é fácil entrar na Restaurant Week, mas a comida estava bem preparada.  Especial mesmo foi o bate-papo com Cecília, além das cervejas e do semifredo. Talvez um dia a gente volte para repetir o doce.

Don Carlini – Rua Dona Ana Neri, 265 – Mooca – São Paulo (SP). Tel.: (11) 3208-2024. Estacionamento com manobrista (R$ 10). Também conta com unidades em Perdizes (Rua Monte Alegre, 835. Tel.: (11) 3801-3750) e na Vila Madalena (Rua Mourato Coelho, 1325. Tel.: (11) 3032-6881).

Osteria – Rua Manuel Guedes, 243 – Itaim – São Paulo (SP). Tel.: (11) 3073-1287. Estacionamento (R$ 12).

%d blogueiros gostam disto: