Ravioli de carne o molho de cogumelos na manteiga é uma das opções de almoço rápido do Eataly.

Ravioli de carne com molho de cogumelos é uma das opções de almoço rápido do Eataly. Menu de R$ 45, com suco e sobremesa, muda semanalmente.

O Eataly nasceu na terra do Slow Food, mas sua loja brasileira se adaptou ao ritmo paulistano e começou a oferecer um almoço rápido com preço fixo, durante a semana. O ‘Pranzo Veloce’ inclui pão italiano e azeite, prato principal (varia de acordo com o restaurante), bebida (suco, água ou refrigerante) e sobremesa por R$ 45.

Duas fatias de pão italiano e azeite para esperar o prato veloce, no La Pasta.

Duas fatias de pão italiano e azeite para começar o ‘pranzo veloce’, no La Pasta.

Estive por lá ao meio-dia, em uma tranquila terça-feira de férias, e provei um delicioso ravióli de carne com cogumelos na manteiga no restaurante La pasta, de massas e pizzas. Estava tão bom que merecia uma degustação bem lenta, ‘piano, piano’. Depois fui pegar a simpática sobremesa na pasticceria (tortinha de limão de colher, servida no pote de vidro) e encontrar a caríssima Kay para um café, um papo e uma voltinha.

Depois da torta de limão (inclusa do menu), um bom expresso.

Depois da torta de limão (inclusa do menu), um bom expresso.

As massas e ‘o molho’
Aproveite para dar uma passada rápida no mercado para comprar una vera pasta italiana. ‘My preciouss’ é o Fusilli da Pisani (R$ 12,90 o pacote de meio quilo), que conheci na Itália. Bem macia e consistente, a massa adere superbem ao molho de tomates. Parece que a nonna acabou de fazer (cozinhe com bastante água).

O fusilli da Pisani: parece que uma nonna italiana acabou de fazer. Veja a dica da Kay para o molho de tomates perfeito.

O fusilli da Pisani é a massa preciosa. Parece que uma nonna acabou de fazer na sua casa.

Outra dica para fazer em casa é o ravióli ‘plin’ (pequenino e fechado com um ‘belisco’, na tradição do Piemonte). A área de massas frescas do Eataly tem opções com recheios de carne e de gorgonzola (R$ 9,90 cada 100 gramas). Depois é só cozinhar por 2 minutinhos, fazer um molhinho de manteiga e sálvia e plin.

Os pequeninos e deliciosos raviolis 'plin' com ao molho mágico de tomates e cebola.

Os pequeninos e deliciosos raviolis ‘plin’ ao molho de tomates e cebola. Veja a dica da Kay para fazer um molho al sugo rápido e sem acidez.

Os molhos do Eataly são caros. Melhor fazer em casa. E se for molho de tomates, siga a dica mágica que a Kay postou no Facebook para tirar a acidez do molho de um jeito fácil e sem crimes culinários, como na foto acima.

Pão de azeitona crocante e cheiroso para fazer sucesso em casa.

Depois do almoço rápido, vale levar um pão de azeitona crocante e cheiroso e bombons de pistache para casa.

E já que você está ali mesmo, leve uns bombons de chocolate meio-amargo (fondente) da Venchi. É um pouco caro (100 gramas por R$ 29), mas é uma opção para provar diversos sabores desse chocolate incrível do Piemonte (não deixe de levar o bombom de pistache). Da padaria, o crocante e perfumado pão de azeitona (R$ 8) fez sucesso em casa.

Eataly
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1489 – Vila Olímpia – São Paulo – SP
(Aberto todos os dias das 8h às 23h)
http://www.eataly.com.br/

La pasta
Segunda-feira a quinta-feira: 11h30 às 15h e 18h30 às 23h
Sexta-feira: 11h30 às 15h e 18h30 às 24h
Sábado: 12h às 24h
Domingo: 12h às 23h
Veja os horários dos outros restaurantes do Eataly: http://www.eataly.com.br/restaurant.html

Almoço por R$ 33 com entrada (2 opções), prato principal (7 opções) e sobremesa (3 opções). Foto: divulgação

Sim. É possível almoçar em um restaurante bacana, em São Paulo, pagando um preço honesto, fora da temporada da Restaurante Week. O italiano Seraphini, que também participou da quinzena de menus promocionais, oferece normalmente um menu completo com duas opções de entrada, sete de prato pincipal e três de sobremesa por 33 reais durante a semana.

Couvert: Crostini apimentado, pão caseiro e caponata

O lugar discreto, com três salões muito bem decorados, é ideal para impressionar em um almoço de negócios ou agradar os mais chegados. O legal é que o preço mais acessível não impede que o menu executivo fuja do trivial.

Caprese com rúcula em novo formato

Estive por lá com meus pais, que são bem exigentes para restaurantes, fomos muito bem atendidos e ganhei pontos com eles. O couvert (cortesia) tem cestinha com crostini apimentado, torradas e pães de alecrim feitos na casa – as massas também são preparadas por lá – manteiga e caponata.

Salada de alface com risoni e peito de peru

Na entrada, a melhor escolha foi a salada de alface crespa com risoni, pedacinhos de peito de peru e abacaxi. A caprese com rúcula estava bem apresentada, com bastante azeite, mas senti falta de um balsâmico.

Leve ravioli de bacalhau da casa com molho de alho poró

Entre as diversas opções de principais, meu pai escolheu o mais light: namorado grelhado com legumes (beringela, mandioquinha, abobrinha e cenoura). Minha irmã não resistiu ao corte argentino de carne com batatas (pediu quase bem passado, o que eu acho um crime, mas ainda assim a carne estava macia) e minha mãe escolheu o leve e saboroso ravioli de bacalhau com molho de alho poró.

Cordeiro glaceado com batata doce (excelente e bem servido)

Resolvi apostar na sugestão do chef: cordeiro assado ao alecrim com molho glaceado e batatas doces. Foi o prato que mais impressionou. A porção também era a mais generosa, a carne estava derretendo e ficou perfeita com as batatas doces – e olha que não sou muito chegada nelas.

Namorado grelhado com legumes

Todos os pratos estavam muito bem montados. As porções não são muito grandes (exceto o cordeiro) mas é o ideal para um almoço com menu completo. Afinal ainda temos a sobremesa.

Pão de mel macio bem casado com doce de leite

Destaque para o pão de mel meio amargo e muito macio, quebrando com um toque de doce de leite por cima. A massa da tortinha de limão que pedi estava ótima, mas achei a consistência do recheio muito líquida e senti falta do sabor do limão. No fim, o saldo foi positivo. Um bom expresso e a conta – muito justa para o nível do almoço.

Torta de limão (creme bem líquido e pouco limão)

A casa também oferece seu menu baseado em clássicos da cozinha italiana, tanto no almoço como no jantar. Os preços são mais acessíveis na comparação com outros italianos como o Empório Ravioli, por exemplo.

As sugestões do chef  Rogério Giudice parecem valiosas: polenta branca italiana, com gema de ovo, salsa de trufas e Grana Padano de entrada, stinco de javali com fagioli, garoupa com crosta de macadâmia e molho de beterraba ou bavette ao nero de seppia com frutos do mar.

Seraphini – Alameda Jaú, 1303 (Esquina com a Ministro Rocha Azevedo). Tel.: (11) 3081-1160
Horário: Segunda, das 12h às 15h; Terças, Quartas e Quintas, das 12h às 15h e das 19h à 0h; Sexta, das 12h às 15h e das 19h à 1h; Sábado, das 12h às 16h e das 19h à 01h; Domingo, das 12h às 17h. Aceita cartões.

Fast e good

novembro 16, 2008

Cestinha de pães, crostatas, torradas de alho, sardela, patê de roquefort, tirinhas de cenoura e pepino

Cestinha de pães, crostatas, torradas de alho, sardela, patê de roquefort, tirinhas de cenoura e pepino

É possível aliar atendimento rápido a uma refeição de qualidade? Eu achava bem difícil, mas um belo dia o Dexter, que adora fast food e não engorda nunca, me apresentou o Giacomo, uma das exceções que confirmam a regra.

Tudo começou em uma praça de alimentação com a proposta de oferecer comida italiana decente e zás-trás – especialmente no Shopping Higienópolis onde a praça tem poucos lugares e as pessoas precisam circular. Só depois da experiência fast food, o Giacomo ganhou sua filial-restaurante a um quarteirão do shopping, mas sem perder o ritmo. Hoje também está na praça do Shopping Bourbon com a mesma qualidade.

Filé a milanesa e fuzili (parafuso) com molho de calabresa e azeitonas

Filé a milanesa e fuzili (parafuso) com molho de calabresa

No aconchegante salão de dois ambientes da Veiga Filho, o serviço à la carte é tão eficiente, que o cliente precisa se acostumar um pouco. Por exemplo: se pedir o couvert dê um tempinho antes de revelar sua escolha para a refeição. Primeiro porque sardela, a manteiga, o patê de roquefort e as azeitonas, acompanhados de cesta de pães, torradinhas de alho e crostatas, além das tirinhas de cenoura e pepinos crus são deliciosos e merecem um certo tempo de degustação. E depois porque os agitadinhos como eu, que fizerem logo o pedido, verão a refeição chegando logo mesmo, e não terão tempo de apreciar o couvert.

Truta com amêndoas e risoto de rúcula com tomates

Truta com amêndoas e risoto de rúcula com tomates

Na noite de sábado em que estive no Giacomo para jantar com o Dexter, o pessoal estava inspirado. Nosso garçom favorito, que se parece com o John Malkovich – exceto pelos olhos azuis -, estava lá sempre simpático como toda a equipe. Acho que o salão tinha cinco mesas em atendimento. E mais ou menos dez minutos após o pedido, lá estavam os pratos de truta com amêndoas e risoto de rúcula com tomates e filé a milanesa com fuzili (lá o fuzili é o ‘parafuso’) ao molho de calabresa. E tudo estava ótimo. Detalhe: os preços também são corretos (pratos individuais muito bem servidos de R$ 21 a R$ 34).

atendimento zás-trás

O simpático garçom John Malkovich (de costas) da equipe zás-trás do Giacomo Restaurante

Para muitos de nós, já acostumados a ver navios ou a desenhar navios com giz de cera na toalha de papel, enquanto esperamos pacientemente nossos pedidos na maioria dos restaurantes, um atendimento tão rápido como esse até assusta. É claro que ninguém faz milagres – os molhos já estão preparados, o arroz do risoto no ponto etc.. Mas não é isso que todos os restaurantes fazem? E por que é que a gente tem de esperar tanto? Então é o seguinte… se o seu estômago não tem tempo a perder, é pra Giacomo!

Giacomo Restaurante – Rua Veiga Filho, 181 – Higienópolis. Tel.:  (11) 3663-1790.

%d blogueiros gostam disto: